Novas relações entre estado e sociedade civil no âmbito da habitação: um estudo de caso

Adriana Andrela Camponez

Resumo


Observa-se no cenário brasileiro dos anos 90 a redefinição das relações entre Estado e sociedade civil no encaminhamento das políticas públicas. O Projeto Casa Fácil-Convênio de Moradia Popular é um exemplo dessa nova perspectiva. Desenvolvido pelo Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina, é uma forma alternativa de política pública não-governamental no campo da habitação. Este artigo analisa a experiência do Projeto Casa Fácil como exemplo desta nova relação, enfatizando os interesses que permeiam a relação de parceria entre a prefeitura local e o Clube de Engenharia no atendimento das demandas populares do setor habitacional.


Palavras-chave


Política habitacional; Estado; Sociedade civil.

Texto completo:

PDF

Referências


BLAY, Eva. Eu não tenho onde morar: vilas operárias na cidade de São Paulo. São Paulo: Nobel, 1985.

CAMPONEZ, Adriana A. Política habitacional: as novas relações entre Estado e sociedade ci vil. Londrina, 1996. Monografia (Especialização em Sociologia e Sociologia da Educação) - Universidade Estadual de Londrina.

CASA FÁCIL VAI FAVORECER população de baixa renda. Folha de Londrina, 15 ju1.1990, p.5. CASTRO, Maria Helena. "Descentralização e política social no Brasil: as perspectivas dos anos 90". Espaço e Debates, v.ll, n.32, jan.1991.

CREA-PR-CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E ARQUITETURA DO PARANÁ. Casa fácil. Projeto Moradia Popular. Curitiba: CREA-PR, 1995.

DRAIBE, Sõnia M. "Por uma nova política social - questões de prioridades, gestão e administração de programas básicos". São Paulo em Perspectiva, v.3 n.I-2, jan./jun. 1989. ENGELS, F. A questão da habitação. Belo Horizonte: Aldeia Global, 1979.

FALTA DE ACORDO suspende projeto casa fácil do CREA. Folha de Londrina. Folha Paraná, Londrina, 25 out.l994, p.3.

FARAH, Marta F.S. "Público e privado na provisão de habitações nos países centrais". Espaço e Debates, v.1O, n.31, ju1.1990.

GOHN, Maria da G. "Cidades, ONGs e ações coletivas: novas parcerias, atores e práticas civil". São Paulo em Perspectiva. Questões Urbanas, o Sentido da Mudança, v.9, n.2, abr./jun. 1995.

MNLM-PLATAFORMA NACIONAL DA HABITAÇÃO POPULAR DO MOVIMENTO NACIONAL DE LUTA POR MORADIA. Movimento Nacional de Luta por Moradia. [s.I.]: [mimeo], 1994. MARCELINO JR. "Programa facilita casa própria para baixa renda". Jornal de Londrina, 9 set. 1990, p.13.

MARICATO, Ermínia. Política habitacional no regime militar: do milagre brasileiro à crise econômica. Petrópolis: Vozes, 1987. PERUZZO, Dilvo. Habitação: controle e espoliação. São Paulo: Cortez, 1984.

PROJETO CASA FÁCIL começa a atender na COHAB. Folha de Londrina. Folha Paraná. Londrina, 17 mar. 1995, p.3.

UEL OFERECE serviços de arquitetura e engenharia. Jornal de Londrina, 27 out.1991. VALADARES, Lícia P. (org.). "Repensando a habitação no Brasil". Debates Urbanos 3. Rio de Janeiro, Zahar, 1983.

VILLAÇA, Flávio. O que todo cidadão precisa saber sobre habitação. Cadernos de Educação Política, n.l6, 1986.

WARREN, llse. Redes de movimentos sociais. São Paulo: Loyola, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.1999v4n2p32

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International