Forjando nuestras democracias: entre Richard Rorty y Vladimiro Montesinos

Miguel Giusti

Resumo


O artigo procura explicar a histórica recente do Peru, num exercício em que seja possível extrair lições sobre o modo como vêm sendo (ou não vem sendo) forjadas as democracias latino-americanas. O texto traça um paralelo entre as idéias desenvolvidas por Richard Rorty no livro recentemente publicado, Forjar nuestro país. El pensamiento de izquierdas en los Estados Unidos del siglo XX, e os acontecimentos do Peru de Fujimori e Montesinos. Se, conforme acredita Rorty, "o orgulho nacional é para os países o que a auto-estima é para os indivíduos...", como seria possível narrar uma história na qual aparecem poucos motivos com que se possa orgulhar? Procurando escapar do fatalismo e do sarcasmo, o texto procura mostrar que a trajetória política de Montesinos é, simbolicamente, um resumo do processo de decomposição da democracia peruana. Em segundo lugar, analisa os movimentos da esquerda política e fala do apoio que o regime recebeu dentro e fora do país, apoio que em grande medida se fundamentou na ilusão da estabilidade política. Finalmente, afirma, tal como Rorty, que para forjar democracias é necessário que nos comprometamos resolutamente com a defesa do Estado de Direito.


Palavras-chave


Democracia, Regime político peruano; Fujimori.

Texto completo:

PDF

Referências


Rorty, Richard. Forjar Nuestro país: El pensamiento de izquierdas en los Estados Unidos dei siglo XX. Barcelona: Paid6s, 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2001v6n1p9

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International