Violência e segurança cidadã

Maria Tereza Sadek

Resumo


A crise da Segurança Pública no Brasil é algo que afeta os fundamentos do Estado Moderno, constituindo-se na mais séria ameaça à ordem constituída. E quais seriam as causas desse problema? De um lado, analistas defendem que as causas são eminentemente estruturais, de natureza econômica. De outro, há os que defendem a falta de coesão social, as dificuldades decorrentes dos padrões brasileiros de sociabilidade. Embora as duas teorias apresentem aspectos importantes da questão, elas não são suficientes para explicar o grau de crescimento da violência no Brasil nos anos recentes. Em face dessa dificuldade é necessário repensar a própria formulação do problema, observando-se o chamado "crime organizado" de uma nova ótica, que leve em conta a natureza do delito e os possíveis ganhos para quem os pratica.


Palavras-chave


Violência no Brasil; Segurança pública; Cidadania e justiça.

Texto completo:

PDF

Referências


BEATO, Cláudio. Determinantes da criminalidade em Minas Gerais. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 13, n.37, p.74-89, 1998.

HOBBES, Thomas. Leviatã ou matéria: forma e poder de um Estado eclético e civil. São Paulo: Abril, 1974.

RELATÓRIO do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Lisboa: Trinova, 1999




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2003v8n1p117

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International