Vico: o tempo e a história

André Luiz Joanilho

Resumo


Contestando Descartes, Vico propôs que a única verdade que podemos obter é aquela produzida pelo próprio homem. A linguagem e a história são dois campos por meio dos quais podemos alcançar essa verdade, contrariando a dúvida cartesiana sobre a realidade. A partir do que os homens fizeram, pode-se compreender a Providência ou, para usar a afirmação de Vico, ter consciência dela. Dessa forma, o verum, o que é feito pelos homens, pode vir a ser o certum, que é a real consciência do ser e de sua existência. A história torna-se processual, pois não é mais uma série de acontecimentos fortuitos ou feitos a partir da intervenção direta da vontade divina. Torna-se fruto da expressão humana que realiza, na própria história, os desígnios da Providência, encadeando os acontecimentos numa direção específica: a consciência da existência.


Palavras-chave


Filosofia da História; Conhecimento Histórico; Giambattista Vico.

Texto completo:

PDF

Referências


BERLIN, I. Vico e Herder. Brasília: Editora da UnB, 1982.

BURKE, P. Vico. São Paulo: Editora UNFSP, 1997. p. 101.

SALIBA, E.T. "Vico: Clássico das Antinomias Interpretativas". In: Lopes, MA Grandes nomes da História Intelectual. São Paulo: Contexto, 2003. p. 289.

NISBET, R. História da ideia de progresso. Brasília: UNB. 1985.

LEDUC, J. Les Historiens el te temps. Paris: Éditions du Seuil, 1999. p. 164.

VICO, G.A Ciência Nova. Trad. Marco Luchesi. Rio de Janeiro: Record, 1999. p. 211.

FOUCAULT, M. A palavra e as coisas. Martins Fontes: São Paulo, 1981.

FOUCAULT, M. A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1986. p. 14.

ARENDT, H. Entre o passado e o futuro. São Paulo: Perspectiva, 1972. p. 85.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2004v9n2p67

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International