Classes sociais, Identidade e Reconhecimento: críticas bourdieusianas a Charles Taylor

Nicole Louise Macedo Teles de Pontes

Resumo


O presente trabalho irá analisar o conceito de classes sociais a partir de uma perspectiva teórica da produção de identidades e coletividades e do papel do sujeito social em obras seminais de Pierre Bourdieu e  Chales Taylor. Em ambos os autores, o conceito de classes sociais aparece atrelado a uma idéia central de sujeito, que perpassa o campo da ação política, definindo temporal e espacialmente as possibilidade objetivas da ação subjetiva. Buscando um diálogo crítico entre esses dois autores, oberva-se como o projeto de revisão do conceito de classe social proposto por Bourdieu está inscrito num projeto crítico de reconhecimento tanto na sua vertente econômica como sócio-cultural.


Palavras-chave


Classe Social; Reconhecimento: Pierre Bourdieu; Charles Taylor

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2011v16n2p266

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br