As análises de gênero e a formação do campo de estudos sobre a(s) masculinidade(s)

Márcio Ferreira de Souza

Resumo


O presente artigo aborda a construção do campo de estudos sobre a(s) masculinidade(s), entendendo-o como tributo da contribuição feminista. Faz-se um breve balanço dos estudos pioneiros, ressaltando particularmente o questionamento da masculinidade hegemônica (CONNELL, 1995) e, em seguida, discute-se sua penetração no Brasil a partir do debate sobre a crise do masculino e a noção de “novo homem”, bem como a importância da perspectiva histórico-social para a compreensão das novas identidades masculinas.

 

 


Palavras-chave


Feminismo; Gênero; Identidades masculinas; Masculinidades.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2009v14n2p123

Direitos autorais

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br


Creative Commons License

 

Todos os artigos científicos publicados em mediacoes@uel.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons