A história na cultura, a cultura na história: elementos para uma análise comparativa entre Walter Benjamin e Gianni Vattimo

Clóvis Da Rolt

Resumo


Este artigo pretende abordar, mediante uma perspectiva comparativa, algumas questões sobre o pensamento de Walter Benjamin e Gianni Vattimo, no que se refere às suas concepções de história, tendo como eixo central a noção de cultura. A rejeição de Benjamin em levar adiante o continuísmo historicista, que marcava a cultura ocidental em fins do século 19 e início do século 20, leva o autor a formular novas posições teóricas para se pensar a história não mais como progresso e concatenação objetiva de fatos, mas como precarização e catástrofe. Por outro lado, mediante uma abordagem de cunho hermenêutico, Vattimo propõe olhar para a história de forma a desvinculá-la da solidificação factual e da objetividade, visto que ela só pode ser acessada como um texto, mediante um ato interpretativo.


Palavras-chave


História; Cultura; Benjamin; Vattimo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2010v15n1p179

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br