Abrindo Caixas-Pretas: Contribuições Metodológicas de Jon Elster às Ciências Sociais

Gustavo Venturelli

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar ao leitor o que consideramos as principais contribuições de Jon Elster ao plano metodológico das ciências sociais. Dada a complexidade e extensão da obra do autor, trata-se de um texto introdutório. O conceito destacado pelo autor para que as ciências sociais produzam teorias com maior poder explicativo é o de mecanismos. Antes de encontrar a síntese metodológica de Elster, o artigo passa por algumas ideias fundamentais para compreendermos o posicionamento do autor. Assim, aborda-se de forma breve as ideias gerais do individualismo metodológico; da teoria da escolha racional; da explicação causal; para, por fim, dedicar-se ao conceito de mecanismo, apresentando definições, exemplos, uma tipologia, suas principais contribuições para as ciências sociais e algumas limitações. De forma geral, a ideia de mecanismos causais parece bastante profícua e operacionalizável em pesquisas da área das ciências sociais. Entretanto, apesar do alto nível de sofisticação, o conceito apresenta também limitações, como veremos nas conclusões do artigo.

Palavras-chave


Jon Elster; Mecanismos; Metodologia; Ciências sociais.

Texto completo:

PDF

Referências


BOURDIEU, Pierre. O senso prático. Petrópolis: Vozes, 2009.

COMBESSIE, Jean-Claude. O método em sociologia: o que é, como faz. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

DURKHEIM, Émile. O suicídio: estudo de sociologia. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011.

ELSTER, Jon. A plea for mechanisms. In: HEDSTRÖM, Peter; SWEDBERG, Richard (org.). Social mechanisms: an analytical approach to social theory. Cambridge: Cambridge University Press, 1998. p. 45-73.

ELSTER, Jon. Explaining social behavior: more nuts and bolts for the Social Sciences. Cambridge: Cambridge University Press, 2007.

ELSTER, Jon. Explaining technical changes. Cambridge: Cambridge University Press, 1983.

ELSTER, Jon. Making sense of Marx. Cambridge: Cambridge University Press, 1985.

ELSTER, Jon. Peças e engrenagens das ciências sociais. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1994.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 1977.

GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

HEDSTRÖM, Peter; SWEDBERG, Richard. Social mechanisms: an introductory essay. In: HEDSTRÖM, Peter; SWEDBERG, Richard (org.). Social mechanisms: an analytical approach to social theory. Cambridge: Cambridge University Press, 1998. p. 1-31.

HEISE, David Reuben Jerome. Causal analysis. New York: J. Wiley & Sons, 1975.

HÉRITIER, Adrienne. Causal explanation. In: DELLA PORTA, Donatella; KEATING, Michael (ed.). Approaches and methodologies in the social sciences: a pluralist perspective. Cambridge: Cambridge University Press, 2008. p. 61-79.

HOMANS, George Caspar. Social behaviour: its elementary forms. London: Routledge & Kegan Paul, 1961.

KIRSCHBAUM, Charles. Decisões entre pesquisas quali e quanti sob a perspectiva de mecanismos causais. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 28, n. 82, p. 179-193, jun. 2013.

LITTLE, Daniel. Varieties of social explanation. Oxford: Westview Press, 1991.

MERTON, Robert King. Sociologia: teoria e estrutura. São Paulo: Mestre Jou, 1970.

PATEMAN, Carole. Participação e teoria democrática. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

RAGIN, Charles Christopher. The comparative method: moving beyond qualitative and quantitative strategies. Los Angeles: University of California Press, 1987.

RATTON JÚNIOR, José Luiz de Amorim; MORAIS, Jorge Ventura de. Para ler Jon Elster: limites e possibilidades da explicação por mecanismos nas ciências sociais. Dados: Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 46, n. 2, p. 385-410, 2003.

SCHELLING, Thomas Crombie. Social mechanisms and social dynamics. In: HEDSTRÖM, Peter; SWEDBERG, Richard (org.). Social mechanisms: an analytical approach to social theory. Cambridge: Cambridge University Press, 1998. p. 32-44.

SHEPSLE, Kenneth. Analyzing politics: rationality, behavior, and institutions. New York: Norton & Company, 1997.

STINCHCOMBE, Arthur Leonard. Monopolistic competition as a mechanism: corporations, universities, and nation-states in competitive fields. In: HEDSTRÖM, Peter; SWEDBERG, Richard (org.). Social mechanisms: an analytical approach to social theory. Cambridge: Cambridge University Press, 1998. p. 267-305.

TSEBELIS, George. Jogos ocultos: escolha racional no campo da política comparada. São Paulo: Edusp, 1998.

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2020v25n2p393

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International