A comunicação ignorada: o mundo do rádio numa cidade do norte do Paraná

Fábio Viana Ribeiro

Resumo


O artigo busca traçar um quadro geral da presente situação do rádio na cidade de Maringá, enfatizando as características do veículo e seu maior ou menor aproveitamento dentro dos modelos utilizados. Nesse sentido, tenta-se demonstrar que, não obstante sua enorme presença, popularidade e do fato de ser um dos únicos e mais eficazes meios de acesso ao mundo exterior por grande parte da população, o veiculo permanece sendo, tanto em função das políticas que regulam o setor quanto da forma como são administradas as emissoras, um meio praticamente desconhecido e sub-utilizado na imensa maioria dos casos.


Palavras-chave


Rádio; Comunicação de massa; Sociabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, Gaston. O direito de sonhar. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

DEL BIANCO, Nélia; MOREIRA, Sônia Virgínia (Org.). Rádio no Brasil: tendências e perspectivas. Rio de Janeiro: EDUERJ/UNB, 1999.

FERRARETO, Luiz Artur. Rádio: o veículo, a história e a técnica. Porto Alegre: Sagra Luzzato, 2000. L

OBATO, Elvira. Igrejas têm quase 400 rádios. Folha de São Paulo, São Paulo, 10 ago. 1997.

LOBATO, Elvira. Um em cada seis congressistas tem rádio ou TV. Folha de São Paulo, São Paulo, 14 maio 1995.

MOREIRA, Sônia Virgínia. Rádio Palanque. Rio de Janeiro: Mil Palavras, 1998.

ORTRIWANO, Gisela Swetlana. A informação no rádio: os grupos de poder e a determinação dos conteúdos. São Paulo: Summus, 1985.

SCHÜTZ, Alfred. Dom Quixote e o problema da realidade. In: LIMA, Luiz Costa. Teoria da literatura e suas fontes. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1981.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2007v12n1p271

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International