Representações sociais dos alunos da rede pública de ensino do Distrito Federal sobre a Sociologia no ensino médio

Erlando da Silva Rêses

Resumo


O presente artigo ressalta a instabilidade da presença da Sociologia no ensino médio brasileiro e posiciona a situação da disciplina no âmbito do Distrito Federal. Tanto os documentos oficiais quanto os professores da disciplina concordam que ela é um conhecimento dinâmico, flexível e prático, que prepara o educando para o exercício pleno de sua cidadania. Entretanto, é ressaltada a posição do aluno acerca do ensino de Sociologia. Nesse sentido, é apresentado o resultado de uma dissertação de mestrado, que focalizou estudantes do 3º ano do ensino médio, distribuídos em grupos focais na cidadesatélite de Santa Maria e na Asa Norte de Brasília-DF. A teoria das Representações Sociais serviu como orientação ao desenvolvimento teórico-metodológico, em que Serge Moscovici e Willem Doise foram os principais representantes. Este último autor desenvolveu uma perspectiva societal para o estudo das representações sociais: a existência de um conteúdo comum nas representações sociais das tomadas de posição, a existência de diferenças dentro desse conteúdo comum e a existência de uma ancoragem das diferentes tomadas de posição.


Palavras-chave


Sociologia da Educação; Ensino de Sociologia; Representações Sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2007v12n1p177

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br