A prática de ensino como rito de passagem e o ensino de Sociologia nas escolas de nível médio

Anita Handfas, Rosana da Câmara Teixeira

Resumo


O objetivo do artigo é discutir algumas questões relacionadas à formação inicial do professor e ao ensino de Sociologia no ensino médio. As questões trazidas têm origem na concepção de Prática de Ensino como rito de passagem, favorecendo as condições para uma formação que leve em conta as variadas dimensões do processo escolar. Na primeira parte, o artigo apresenta o conteúdo teórico e prático do curso de Didática Especial e Prática de Ensino de Ciências Sociais da UFRJ para em seguida problematizar algumas questões referentes ao ensino de Sociologia no nível médio.


Palavras-chave


Prática de Ensino; Formação do professor; Sociologia no ensino médio.

Texto completo:

PDF

Referências


BOURDIEU, Pierre. A juventude é apenas uma palavra. In: ______. Questões de Sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983.

BRASIL. Ministério da Educação. SEMTEC. Parâmetros Curriculares Nacionais para o ensino médio. Área Ciências humanas e suas tecnologias. Brasília, 1999.

CANDAU, Vera Maria (Org.). Rumo a uma nova didática. Petrópolis: Vozes, 2003.

CENTRAL DE ESTÁGIO. Projeto. Faculdade de Educação da UFRJ e Escolas de Educação Básica: Relações Institucionais. Rio de Janeiro: UFRJ/FE, 2004. (mimeo).

DA MATTA, Roberto. O ofício de etnólogo, ou como ter “anthropological blues”. In: NUNES, Edson de Oliveira (org). A aventura sociológica: objetividade, paixão, improviso e método na pesquisa social. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1978. p. 23-35.

DAUSTER, Tânia. Construindo pontes: a prática etnográfica e o campo da educação. In: DAYRELL, Juarez (Org.). Múltiplos olhares sobre educação e cultura. Belo Horizonte: UFMG, 1996. p. 65-72.

DAYRELL, Juarez. A escola como espaço sócio-cultural. In: DAYRELL, Juarez (Org.). Múltiplos olhares sobre educação e cultura. Belo Horizonte: UFMG, 1996. p. 65-72.

DUARTE, Newton. Concepções afirmativas e negativas sobre o ato de ensinar. Cadernos CEDES, Campinas, v. 44, 1998.

DUARTE, Newton. Conhecimento tácito e conhecimento escolar na formação do professor (por que Donald Schön não entendeu Luria). Educação e Sociedade, Campinas, v. 24, n. 83, 2003.

GEERTZ, Clifford. El antropólogo como autor. Barcelona: Paidós, 1989.

LOPES, Alice Casimiro. Organização do conhecimento escolar: analisando a disciplinaridade e a integração. In: CANDAU, Vera Maria (Org.). Linguagens, espaços e tempos no ensinar e aprender. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p. 147-164.

MALINOWSKI, Bronislaw. Introdução. Tema, método e objetivo desta pesquisa. In: ______. Os argonautas do pacífico ocidental. São Paulo, Abril Cultural, 1978. p. 17-34. (Coleção Os Pensadores).

MONTEIRO, Ana Maria. A prática de ensino e a produção de saberes na escola. In: CANDAU, Vera Maria (Org.). Didática, currículo e sabres escolares. Rio de janeiro: DP&A, 2002. p.129-148.

SAES, Décio Azevedo Marques de; ALVES, Maria Leila. O conflito social na escola pública (uma abordagem sociológica). SIMPÓSIO BRASILEIRO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO, 21., CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 3., Espaço Público e Gestão da educação: desafios de um novo tempo, Recife, 2003. Anais ... Recife, 2003.

POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO. Problemas vividos pela escola pública: do conflito social aos conflitos funcionais (uma abordagem sociológica). Linhas Críticas, Brasília, v. 10, n. 19, 2004.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. São Paulo: Autores Associados, 1995.

SCHÖN, Donald. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, Antonio (Org.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1997.

TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas conseqüências. Revista Brasileira de Educação, n. 13, 2000.

TURNER, Victor. O processo ritual: estrutura e anti-estrutura. Petrópolis: Vozes, 1974.

VELHO, Gilberto. Observando o familiar. In: ______. Individualismo e cultura. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1994. p. 121-132.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2007v12n1p131

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International