Ensino de Sociologia: particularidades e desafios contemporâneos

Nise Jinkings

Resumo


Este trabalho busca realizar um desenho analítico das particularidades e das condições do ensino de Sociologia nas escolas brasileiras de nível médio. Trata do lugar da Sociologia no sistema educacional do país, de suas potencialidades educativas e dos dilemas enfrentados desde sua institucionalização como disciplina científica, na década de 1930. A análise trás elementos para se pensar os desafios colocados às ciências sociais e aos educadores no contexto da realidade social contemporânea e de suas novas determinações. Apoiado em atividades de ensino, pesquisa e extensão, o trabalho desenvolve reflexão sobre experiências formativas e apresenta um diagnóstico inicial das condições concretas em face das quais se realiza o ensino da disciplina nas escolas de Santa Catarina.


Palavras-chave


Sociologia; Ensino de Sociologia; Ensino Médio; Educação escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. 3. ed. São Paulo: Boitempo, 2000.

AZEVEDO, Fernando. Princípios de Sociologia. 9. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1964.

BARBOSA, Valéria; MENDONÇA, Suely. Licenciatura em Ciências Sociais: problemas e perspectivas. In: CONGRESSO NACIONAL DE SOCIÓLOGOS, 12., 2002, Curitiba. Anais... Curitiba, 2002.

BISPO, Mário. A Sociologia no ensino médio: o que pensam os professores da Rede Pública do Distrito Federal. Dissertação de Mestrado. Departamento de Sociologia, Universidade de Brasília, 2002.

BOTTOMORE, Tom; NISBET, Robert. (Org.). História da análise sociológica. Tradução de Waltensir Dutra. Rio de Janeiro: Zahar, 1980.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros curriculares nacionais: ensino médio. Brasília, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Orientações Curriculares Para o Ensino Médio: Ciências Humanas e suas tecnologias. Brasília, 2006. v. 3.

BRENNER, Robert. A Crise emergente do capitalismo mundial: do neoliberalismo à depressão? Revista do Instituto de Estudos Socialistas, São Paulo, n. 3, out. 1999.

CANDIDO, Antonio. Sociologia; ensino e estudo. Sociologia: Revista Didática e Científica, São Paulo, v. 11, n. 3, p. 275-289, set. 1949.

______. Literatura e sociedade. 5. ed. São Paulo: Ed. Nacional, 1976.

CARVALHO, Lejeune. (Org). Sociologia e ensino em debate: experiências e discussão da Sociologia no ensino médio. Ijuí: Ed. UNIJUÌ, 2004.

CHACON, Wamireh. História das idéias sociológicas no Brasil. São Paulo: EDUSP/Grijalbo, 1977.

CHAMMÉ, Sebastião; MOTT, Yoshiko. A realidade do ensino de Sociologia no 2° grau: inovações e continuidades. In: BICUDO, M.; BERNARDO, M. (Org.). Núcleos de ensino: um projeto de educação continuada. São Paulo: Unesp, 1996.

CHESNAIS, François. A mundialização do capital. trad. S. Foá. São Paulo: Xamã, 1996.

CIGLIO, Adriano. A Sociologia na Escola Secundária: uma questão das Ciências Sociais no Brasil- anos 40 e 50. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – IUPERJ, Rio de Janeiro, 1999.

COAN, Marival. A Sociologia no Ensino Médio, o material didático e a categoria trabalho. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

CORREA, Lesi. A importância da disciplina Sociologia no currículo de 2o . Grau. a questão da cidadania, problemas inerentes ao estudo da disciplina em 2 escolas oficiais de 2o . Grau de Londrina-PR. Dissertação (Mestrado em Educação) - PUC, São Paulo, 1993.

COSTA PINTO, Luís. Ensino da Sociologia nas escolas secundárias. Sociologia: Revista Didática e Científica, São Paulo, v. 11, n. 3, p. 290-308, set. 1949.

COSTA PINTO, Luís; CARNEIRO, Edison. As Ciências Sociais no Brasil. Rio de Janeiro: CAPES, 1955. (Série Estudos e Ensaios, n° 6). COSTA, Cristina. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. 2. ed. São Paulo: Moderna, 1997.

FERNANDES, Florestan. Funções das ciências sociais no mundo moderno. In: PEREIRA, L.; FORACCHI, M. (Org.). Educação e sociedade. 9. ed. São Paulo: Ed. Nacional, 1978. p. 22- 28.

PEREIRA, L.; FORACCHI, M.. Desenvolvimento histórico-social da sociologia no Brasil. In: ______. A sociologia no Brasil: contribuição para o estudo de sua formação e desenvolvimento. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1980. p. 25-49.

PEREIRA, L.; FORACCHI, M.. A ‘crise’ das ciências sociais em São Paulo. In: ______. A sociologia no Brasil: contribuição para o estudo de sua formação e desenvolvimento. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1980a. p. 85-86.

PEREIRA, L.; FORACCHI, M.. O ensino de Sociologia na escola secundária brasileira. In: ______. A Sociologia no Brasil: contribuição para o estudo de sua formação e desenvolvimento. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1980b. p. 105-125.

PEREIRA, L.; FORACCHI, M.. A herança intelectual da Sociologia. In: FORACCHI, M.; MARTINS, J. S. (Org.). Sociologia e sociedade: leituras de introdução à Sociologia. 21. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2000. p. 11-20.

GUELFI, Wanirley. A Sociologia como disciplina Escolar no Ensino Secundário Brasileiro: 1925-1942. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2001.

HOBSBAWM, Eric. Era dos extremos: o breve século XX (1914-1991). trad. M. Santarrita; revisão técnica M. C. Paoli. 2. ed., São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

IANNI, Octavio. Sobre a inclusão da Sociologia no curso secundário. IV Congresso dos alunos da FFLCH da USP. Revista Atualidades Pedagógicas, ano 8, n. 40, p. 19-20, janabr., 1957.

IANNI, Octavio. A Sociologia numa época de globalismo. In: FERREIRA, L. (Org.). A Sociologia no horizonte do século XXI. São Paulo: Boitempo, 1997. p. 13-25.

IANNI, Octavio. Sociologia do futuro. Primeira Versão, n° 100. Campinas: IFCH/Unicamp, 2001.

JINKINGS, Nise. As particularidades e os desafios do ensino de Sociologia nas escolas. In: M. F. DIAS et al. (Org.). Formação de professores: experiências e reflexões. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 2006.

JINKINGS, Nise; LIMA, Silvia Auras de. A Sociologia no Ensino Médio: experiências docentes, formação e condições de trabalho do professor. Florianópolis: UFSC, 2005.

KUENZER, Acácia. O Ensino Médio agora é para a vida: entre o pretendido, o dito e o feito. Educação & Sociedade, Campinas, ano 11, n. 70, abr., 2000.

LAKATOS, Eva. Sociologia geral. São Paulo: Atlas, 1982. LIMONGI, F. Mentores e clientelas da Universidade de São Paulo. In: Miceli, S. (Org.). História das Ciências Sociais no Brasil. São Paulo: Vértice, 1989. v. 1.

MACHADO, Celso. O ensino de Sociologia na escola secundária brasileira: levantamento preliminar. Revista da Faculdade de Educação. São Paulo, v. 13, n. 1, p. 115-148, jan./ jun. 1987.

MACHADO, Olavo. O ensino de Ciências Sociais no nível médio. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.

MEKSENAS, Paulo. Sociologia. 2. ed. rev. São Paulo: Cortez, 1994.

MEKSENAS, Paulo. Aprendendo Sociologia: a paixão de conhecer a vida. São Paulo: Loyola, 1985.

MENDONÇA, Suely. Licenciatura em Ciências Sociais e Núcleo de Ensino/Unesp: trabalho diferenciado na formação de professores de Sociologia. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 11., 2003, Campinas. Anais… Campinas: Unicamp, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2007v12n1p113

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International