Alheamento eleitoral: reflexões sobre o significado de votos em branco, votos nulos e abstenções na teoria política contemporânea

Paola Novaes Ramos

Resumo


 

O presente artigo tem como objetivo analisar o impacto de votos em branco, votos nulos e abstenções sobre a legitimidade das democracias contemporâneas com auxílio do pensamento de alguns autores clássicos da teoria política contemporâneo do final do século XX (especificamente, alguns autores liberais e alguns de seus críticos). Considerando que eleições são centrais e caracterizam boa parte das atuais democracias ocidentais, mesmo que não monopolizem a política como um todo, interessa saber qual é o significado desses fenômenos “não-decisórios” para os atuais sistemas de representação, com foco nas interpretações de Giovanni Sartori, Seymour Lipset, Samuel Huntington, Gabriel Almond e Sidney Verba, de um lado, e Carole Pateman, C. B. Macpherson e Pierre Bourdieu, de outro.


Palavras-chave


Eleições; Democracia; Participação política.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2009v14n1p170

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br