Rádios comunitárias: estratégias de movimentos sociais e modelos de ação de políticos

Monique Florencio de Aguiar

Resumo


Os estudos habituais sobre rádios comunitárias se baseiam em compreensões idealistas que separam grupos dominantes e dominados. A partir daí, associam-se aos grupos conceitos polares dotados de julgamentos de valor. Neste artigo, o objetivo é evidenciar esta fraqueza e trazer um exemplo etnográfico que torna mais fácil a tarefa de romper com concepções dualistas vigentes nos estudos.


Palavras-chave


Rádios comunitárias; Movimentos Sociais; Políticos; Tipologias

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2007v12n2p132

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br