Operários e estudantes contra a ditadura: 1968 no Brasil

Ricardo Antunes, Marcelo Ridenti

Resumo


O artigo retoma os acontecimentos de 1968 no Brasil, particularmente no movimento operário e no movimento estudantil. Ambos estavam à esquerda dos movimentos mais tradicionais e propugnavam uma alternativa ao PCB e sua política de moderação, dominante no pré-64, e que revelava seus limites tanto entre os operários quanto entre os estudantes. Mas as lutas estudantis e operárias de 1968 no Brasil não conseguiram tornar viável uma alternativa de massas, exaurindo-se em seu vanguardismo no embate contra a ditadura.


Palavras-chave


1968; Movimento Operário; Movimento Estudantil; Ditadura Militar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2007v12n2p78

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br