Ética e pesquisa em ciências sociais: reflexões sobre um campo conectado

Lara Roberta Rodrigues Facioli, Felipe André Padilha

Resumo


O crescente aprofundamento da mediação tecnológica em nosso cotidiano, cada vez mais, mostra seus reflexos nas agendas das Ciências Sociais renovando as ferramentase a logística das pesquisas. Objetiva-sediscutir como princípios consolidados da ética em pesquisa em Ciências Sociais podem ser incorporados à prática das investigações qualitativas em que o digital e?parte do campo, do desenho da pesquisa, da selec?a?odas técnicas, decoleta, de ana?lise e de exposição de dados e resultados. Inicialmente, analisamos as diretrizes éticas para a pesquisa nas Ciências Sociais, com base nas cartas da International Sociology Association(ISA) e da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS); em seguida, apresentamosas especificidades das relações digitalmente mediadas com atenção especial às dimensões do consentimento das informações e dados recolhidos em páginas semi-públicas mantidas em serviços de redes sociais; e, por fim,considerando a vulnerabilidade dos sujeitos conectados,abordamos um conjunto de orientações para práticas de pesquisa mediadas.

Palavras-chave


Ética; Pesquisa Social; Mídias Digitais; Internet; Ciências Sociais

Texto completo:

PDF

Referências


ADELMAN, Mirian. Ruralidades atravessadas: jovens do meio campeiro e narrativas sobre o Eu e o(s) Outro(s) nas redes sociais. Cadernos Pagu, Campinas, n. 44, p. 141-170, 2015.

AMARAL, Adriana. Etnografia e pesquisa em cibercultura: limites e insuficiências metodológicas. Revista USP, São Paulo, n. 86, p. 122-135, 2010.

BONAFANTE, Gleiton. Erótica dos signos em aplicativos de pegação. Rio de Janeiro: Editora Multifoco, Acadêmica, 2016.

BOYD, Danah. Sexing the Internet: Reflections on the role of identification in online communities. Presented at Sexualities, medias and technologies: theorizing old and new practices. University of Surrey, 2001.

BOYD, Danah. It's complicated: the social lives of networked teens. New Haven: Yale University Press, 2014.

DINIZ, Débora. Ética na pesquisa em ciências humanas: novos desafios. Revista Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 417-426, 2008.

DINIZ, Débora. Ética na pesquisa. Brasília: Editora da UnB/Letras Livres, 2005.

DUARTE, Luiz Fernando Dias. Ética de pesquisa e ‘correção política’ em antropologia. In: VICTORA, Ceres et al. (org.). Antropologia e ética: o debate atual no Brasil. Niterói: Editora da UFF, 2004. p. 125-130.

DURKHEIM, Émile. As regras do método sociológico. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

EDWARDS, Adam. et. al. Digital social research, social media and the sociological imagination: surrogacy, augmentation and re-orientation. International Journal of Social Research Methodology, London, n. 16, v. 3, p. 245-260, 2013.

FACIOLI, Lara. Conectadas: uma análise de práticas de ajuda mútua feminina na era das Mídias Digitais. 2013. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos, 2013.

FACIOLI, Lara. Mídias digitais e horizontes de aspiração: um estudo sobre a comunicação em rede entre mulheres das classes populares brasileiras. 2017. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos, 2017.

FERREIRA, Marcos Farias. A ética da investigação em ciências sociais. Revista Brasileira de Ciência Política, Brasília, n. 11, p. 169-191, 2013.

GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

LATANZA. Marcella Masano. O barato sai caro: cirurgias plásticas estéticas e padrões corporais femininos. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Londrina, 2011.

HODKINSON, Paul. Insider research in the study of youth cultures. Journal of Youth Studies, Oxfordshire, v. 8, n. 2, p. 131-149, 2005.

LIMA, Jacob Carlos. Ética da pesquisa e ética profissional em sociologia: um começo de conversa. Revista Brasileira de Sociologia, Aracaju, v. 3, n. 5, p. 31-52, 2015.

LINS, Bernardo F. E. Privacidade e internet. Consultoria Legislativa. Brasi?lia: Ca?mera dos Deputados, 2000. p. 3-14. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/a-camara/documentos-e-pesquisa/estudos-e-notas-tecnicas/arquivos-pdf/pdf/001854.pdf. Acesso em: 14 dez. 2017.

LUNNAY, Belinda; BORLAGDAN, Joseph; McNAUGHTON, Darlene; WARD, Paul. Ethical use of social media to facilitate qualitative research. Qualitative Health Research, Thousand Oaks, CA, v. 25, n. 1, p. 99-109, 2014.

MARRES, Noortje. Digital Sociology: The Reinvention of Social Research: Noortje Marres on how digital technology contributes to sociology. [Entrevista cedida a] Francesca Halstead. Sociology Lens (Online), jul. 2017. Disponível em: http://www.sociologylens.net/article-types/opinion/digital-sociology-reinvention-social-research-noortje-marres-digital-technology-contributes-sociology/18108. Acesso em: 31 jul. 2017.

MARX, Karl. Manifesto do partido comunista. São Paulo, Cortez, 1998.

MELHADO, Rodrigo C. Vitrine do desejo: um estudo sobre os perfis online de homens que buscam relações com outros homens em Araraquara e São Carlos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso de Ciências Sociais, UFSCar, São Carlos, 2014.

MISKOLCI, Richard. Sociologia digital: notas sobre pesquisa na era da conectividade. Contemporânea: Revista de Sociologia da UFSCar, São Carlos, v. 6, n. 2, p. 275-297, 2016.

MILLER, Daniel. Etnografia On e Off-Line: Cibercafés em Trinidad. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 10, n. 21, p. 41-65, 2004.

MULHER morre após casal entrar por engano em comunidade em Niterói. G1 Globo, Rio de Janeiro, 4 out. 2015. Disponível em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/10/mulher-morre-apos-entrar-por-engano-em-comunidade-em-niteroi-rj.html. Acesso em: 31 jul. 2017.

NASCIMENTO, Leonardo Fernandes. A sociologia digital: um desafio para o século XXI. Sociologias, Porto Alegre, ano 18, n. 41, p. 216-241, jan./abr. 2016.

NOBLE, Safiya Umojona. Google search: Hyper-visibility as a means of rendering black women and girls invisible. InVisible Culture: An Eletronic Journal for Visual Culture, Rochester, NY, n. 19, oct. 2013.

PADILHA, Felipe. O segredo é a alma do negócio: mídias digitais móveis e a gestão da visibilidade do desejo homoerótico entre homens na região de São Carlos. 2015. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos, 2015.

PAPACHARISSI, Zizi; GIBSON, Paige L. Fifteen Minutes of Privacy: Privacy, Sociality, and Publicity on Social Network Sites. In: TREPTE, S.; REINECKE, L. (org.). Privacy Online: perspectives on privacy and self-disclosure in the social web. Nova Iorque: Springer-Verlag Berlin Heidelberg, 2011. p. 75-89.

PELUCIO, Larissa. Narrativas infiéis: notas metodológicas e afetivas sobre experiências das masculinidades em um site de encontros para pessoas casadas. Cadernos Pagu, Campinas, n. 44, p. 31-60, 2015.

PRADO, Juliana do. Dos consultórios sentimentais à rede: apoio emocional pelas mídias digitais 269f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFSCar, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.

SANTOS, Luiz Antonio de Castro; JEOLÁS, Leila. Uma Comissão Nacional de ética em pesquisa, as ciências biomédicas e as ciências humanas: trespassing a brasileira. Revista Brasileira de Sociologia, Aracaju, v. 3, n. 5, p. 241-260, 2015.

SARTI, Cinthia. A ética em pesquisa transfigurada em campo de poder: notas sobre o Sistema Cep/Conep. Revista Brasileira de Sociologia, Aracaju, v. 3, n. 5, p. 79-96, 2015.

THOMPSON, John B. A nova visibilidade. MATRIZes, São Paulo, n. 2, p. 15-38, abr. 2008.

TOFFLER, Alvin. Future shock. New York: Random House, 1970.

TURKLE, Sherry. Alone together: why we expect more from

technology and less from each other. New York, Basic Books, 2011.

VAN DIJICK, Jose. La cultura de la conectividad: una historia crítica de las redes sociales. Buenos Aires: Siglo Veintiuno Editores, 2016.

WACJMAN, Judy. A modelagem social da tecnologia. 2nd ed. Buckingham, UK: Open University Press, 1999.

WEBER, Max. Economia e sociedade: fundamento da sociologia compreensiva. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2019v24n1p228

Direitos autorais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International