Os espaços da fé: um estudo sobre o campo religioso na perspectiva da reliosidade popular

André Camargo Lopes

Resumo


Tendo em vista as constantes transformações do campo religioso brasileiro, o presente artigo, procura analisar, a partir de entrevistas e observações de campo, a manutenção e a prática ritualística dos dois grandes grupos religiosos que compõem o cotidiano social de um bairro popular de pequeno porte do município de Londrina-PR. São discutidas a circularidade entre o discurso oficial e a prática religiosa dos agentes, a manutenção do catolicismo tradicional popular, assim como a observação de um culto, e a análise dos elementos constitutivo da identidade assembleiana no bairro.


Palavras-chave


Religiosidade; Representações; Identidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTONIAZZI, Pe. Alberto. As Religiões no Brasil segundo o Censo de 2000. REVER – Revista de Estudos da Religião, n. 2, 2003. p. 75-80.

BACZKO, Bronislaw. A Imaginação Social. Enciclopédia EINAUDI. vol. 5. Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1985.

BARROS, Manuel de Souza. Arte, Folclore, Subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1970.

BOURDIEU, Pierre. Gênese e Estrutura do Campo Religioso. In: A Economia das Trocas Simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2005.

_____. Apêndice I: Uma Interpretação da Teoria da Religião de Max Weber. In: A Economia das Trocas Simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 2005.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Sacerdotes de viola: Os Rituais Religiosos do Catolicismo Popular em São Paulo e em Minas Gerais. Petrópolis: Vozes, 1981.

_____. Memórias do Sagrado: estudos de religião e ritual. São Paulo: Paulinas, 1985.

CESAR, Waldo. O que é “Popular” no Catolicismo Popular. Revista Eclesiástica Brasileira, vol. 36, fascículo 141, março de 1976.

CHARTIER, Roger. “Cultura Popular”: revisitando um conceito historiográfico. Estudos Históricos, vol. 8, n. 16.. Rio de Janeiro, 1995.

COSTA, José W. Bezerra da. Nossa Identidade – Diretrizes da Doutrina da Assembléia de Deus.

IBGE. Diversidades: retratos das religiões no Brasil. Micro-dados censo 2000.

DURKHEIM, Emile. Sociologia. São Paulo: Ática, 1988.

ELIADE, Mircea. O Sagrado e o Profano: a Essência das Religiões. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

MARIZ, Cecília Loreto. Catolicismo no Brasil contemporâneo: reavivamento e diversidade. In: TEIXEIRA, Faustino; MENEZES, Renata (orgs.). As religiões no Brasil: continuidades e rupturas. Petrópolis: Vozes, 2006.

MARTELLI, Stefano. A Religião na Sociedade Pós-Moderna. São Paulo: Paulinas, 1995.

MENEZES, Renata de Castro. A Dinâmica do Sagrado: Rituais, Sociabilidade e Santidade num Convento do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Relume Dumará/ NuAP, 2004.

OLIVA, Alfredo dos Santos. A História do Diabo no Brasil. São Paulo: Fonte Editorial, 2007. PAIM, Antonio; PROTA, Leonardo & VÉLEZ RODRÍGUES, Ricardo. Aproximação Transcendental a Vivência Religiosa. In: Religião. Londrina: Eduel, 1997.

SANCHIS, Pierre. Problemas na análise do campo religioso contemporâneo. In: MARIN, José Roberto (org.). Religiões, religiosidades e diferenças culturais. Campo Grande: UCDB editora, 2005.

VOVELLE, Michel. Ideologias e Mentalidades. São Paulo: Brasiliense, 1985. WEBER, Max. Sociologia de la Religion. 1999.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu (org). Identidade e diferença: A perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2008v13n1/2p231

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International