Movimentos sociais, policiamento e vigilância: um diálogo teórico a ser construído

Eduardo Fernandes

Resumo


O presente estudo busca explicitar de que modo constituem-se as relações entre o campo de estudos em ação coletiva e o campo de estudos em vigilância, especificamente no que se refere à temática do policiamento a movimentos sociais. A partir de uma análise centralmente focada na revisão de literatura das duas principais revistas de âmbito internacional em cada área (Mobilization e Surveillance & Society) e com auxílio do software NVivo 11, objetiva-se investigar em que medida esses diferentes campos (não) produzem um diálogo teórico entre si. Após a explicitação de lacunas específicas de cada campo, conclui-se pela necessidade de construção de um diálogo teórico mais amplo com base em conceitos que podem interconectar esses campos, como “controle”, “poder” e “assimetria”.

Palavras-chave


Movimentos sociais; Policiamento; Vigilância; Controle.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2018v23n1p100

Direitos autorais 2018 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br


Creative Commons License

 

Todos os artigos científicos publicados em mediacoes@uel.br estão licenciados sob uma Licença Creative Commons