O imigrante oeste-africano como o indesejável? Acerca do processo de racialização em Cabo Verde

Eufémia Vicente Rocha

Resumo


O objectivo deste artigo é reflectir sobre uma “nova realidade” que a sociedade caboverdiana tem conhecido a partir dos anos 1990 no que diz respeito às migrações, especialmente à presença de imigrantes provenientes da África Ocidental. Para o efeito, recorre-se a um conjunto de histórias, rumores e outros materiais que emergiram sobre esses indivíduos, possibilitando alguns discursos aliados às dinâmicas de identidade, diferença e representação. Trata-se, assim, de um trabalho no qual se discorre a respeito de processos de racialização neste contexto imigratório onde tanto o cabo-verdiano como o imigrante oeste-africano se reconhecem racializados.


Palavras-chave


Imigração; Cabo Verde; África Ocidental

Texto completo:

PDF

Referências


ÅKESSON, Lisa. Making of life: meanings of migration in Cape Verde. Göteborg: Göteborg University, 2004.

ALMEIDA, Miguel Vale de. Crioulidade e fantasmagoria. ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 28., Caxambu, 2004. Papers... Caxambu: ANPOCS, 2004. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2012.

ANJOS, José Carlos G. Intelectuais, literatura e poder em Cabo Verde: lutas de definição da identidade nacional. Porto Alegre: Ed. UFRGS/INIPC, 2002.

ANJOS, José Carlos G. Sexualidade juvenil de classes populares em Cabo Verde: os caminhos para a prostituição de jovens urbanas pobres. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 13, n. 1, p. 163-177, jan./abr. 2005.

ARENDT, Hannah. The origins of totalitarianism. Orlando: Harcourt, 1976.

BANTON, Michael. A ideia de raça. Lisboa: Ed. 70, 2010.

BAROT, Rohit; BIRD, John. Racialization: the genealogy and critique of a concept. Ethnic and Racial Studies, London, v. 24, p. 601-618, n. 4, 2001.

BATALHA, Luís. A elite portuguesa-cabo-verdiana: ascensão e queda de um grupo colonial intermediário. In: CARVALHO, Clara; CABRAL, João de Pina (Coord.). A persistência da história. Passado e Contemporaneidade em África. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa, 2004.

BENHABIB, Seyla. The rights of others: aliens, residents and citizens. Cambridge: Cambridge University Press, 2004.

BHABHA, Homi. O local da cultura. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 1998.

CABO Verde Islâmico” preocupa alguns sectores da sociedade. Liberal, 25 mar. 2012. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2012.

BRAH, Avtar. Cartographies of diaspora: contesting identities. London: Routledge, 1996.

CABRAL, Iva et al. Cabo Verde, uma experiência colonial acelerada (século XVI-XVII). Disponível em: . Acesso em: 3 out. 2012

FANON, Frantz. Los condenados de la Tierra. México: Fondo de Cultura Económica, 1963.

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas. Salvador: Ed. da UFBA, 2008.

FERNANDES, Gabriel. A diluição de África: uma interpretação da saga identitária cabo-verdiana no panorama político (pós) colonial. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2002.

FURTADO, Clementina. Imigração e mercado de trabalho em Cabo Verde: atitudes e representações recíprocas. In: CONGRESSO LUSO-AFRO-BRASILEIRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS, 11., 2011, Salvador. Anais... Salvador: UFBA, 2011.

GILROY, Paul. Entre campos: nações, cultura e o fascínio da raça. São Paulo: Annablume, 2007.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: Ed. DP&A, 2005.

HALL, Stuart. Introducción: quién necesita “identidad”? In: HALL, Stuart; DU GAY, Paul. Cuestiones de identidad cultural. Buenos Aires: Amorrortu, 2003.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA – INE. Inquérito multi-objectivo contínuo: migrações 2013. Santiago, Cabo Verde, 2014.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA – INE. IV recenseamento geral da população e de habitação: censo 2010. Disponível em: . Acesso em: 1 jan. 2013.

JEFFRIES, Michael P. Thug life. Race, gender and the meaning of hip-hop. Chicago: The University of Chicago Press, 2011.

LIMA, Redy. Thugs: vítimas e/ou agentes da violência? Direito e Cidadania, nº 30, V Número Especial, Praia, Ano XI, 2010.

MILES, Robert. Racism. Londres: Routledge, 1989.

MILES, Robert; BROWN, Malcolm. Racism. London: Routledge, 2003.

MUDIMBE, Valentin Y. The invention of Africa. Gnosis, philosophy, and the order of knowledge. Bloomington: Indiana University Press, 1988.

PINA, Alírio Dias de. Cabo Verde não pode compactuar com fenómenos que perturbam a ordem internacional. A Semana, Praia, Cabo Verde, 25 fev. 2005. Comunicação Social.

ROCHA, Eufémia Vicente. Cabo-verdianos e mandjakus: experiências outras de circulação. In: FURTADO, Cláudio. Diálogos em Trânsito: Brasil, Cabo Verde e GuinéBissau em narrativas cruzadas. Salvador: EdUFBA, 2012.

ROCHA, Eufémia Vicente. Feitiçaria e mobilidade na África Ocidental: uma etnografiada circulação de méstris, kórda e korderus. Tese (Doutoramento em Ciências Sociais) - Universidade de Cabo Verde, Praia - C. V., 2014.

ROCHA, Eufémia Vicente. Mandjakus são todos os africanos, todas as gentes pretas que vêm da África: xenofobia e racismo em Cabo Verde. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade de Cabo Verde-C. V., 2009.

SAYAD, Abdelmalek. A imigração ou os paradoxos da alteridade. São Paulo: EDUSP, 1998.

SCHUCK, Peter H. Law and the study of migration. In: BRETTELL, Caroline B.; HOLLIFIELD, James F. Migration theory: talking across disciplines. New York: Routledge, 2000.

WACQUANT, Löic. O estigma racial na construção do Estado punitivo americano. Configurações, Braga, n. 5-6, p. 41-54, 2009.

WADE, Peter. Raza y naturaleza humana. Tabula Rasa, Bogotá, n. 14, p. 205-226, ene./jun. 2011.

WADE, Peter. The presence and absence of race. Patterns of Prejudice, Abingdon, v. 44, n. 1, p. 43-60, 2010.

WOODWARD, Kath. Questioning identity: gender, class, ethnicity. London: Routledge, 2004.

YUVAL-DAVIS, Nira. Theorizing identity: beyond the ‘us’ and ‘them’ dichotomy. Patterns of Prejudice, Abingdon, v. 44, n. 3, p. 261-280, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2017v22n1p105

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International