Sonho brasileiro: a inserção estratégica do Brasil na América Latina como fator de atração de fluxos de imigração em massa nas duas primeiras décadas do século XXI

Roberto Rodolfo Georg Uebel, Jalusa Prestes Abaide

Resumo


A proposta desta pesquisa está centrada no tema das migrações contemporâneas para o Brasil no início do século XXI, aliadas à questão da inserção estratégica do país na América Latina. Esse fator induziu grandes fluxos de imigrantes econômicos com causas e motivações para emigrar que, de acordo com nossa hipótese, convergem com a própria inserção e atração do Brasil, criando ou o que chamaremos de sonho brasileiro em novos imigrantes. Segundo estudos de agências das Nações Unidas (OIM e ACNUR), o Brasil é hoje apresentado como o maior pólo de atração de migrantes no hemisfério sul. Portanto, o artigo investigará qual é o papel da inserção estratégica do Brasil na América Latina para essa migração maciça, com um crescimento considerável desses fluxos nas últimas duas décadas, além de apresentar uma cartografia temática das rotas e origens de Migrantes latino-americanos para o Brasil.

Palavras-chave


Inmigración; Brasil; Inserción; América Latina.

Texto completo:

PDF (Español (España))

Referências


ALBUQUERQUE, José Lindomar. Imigração em territórios fronteiriços. In:

CONGRESSO PORTUGUÊS DE SOCIOLOGIA, 6., 2008, Lisboa. Anais... Lisboa:

Universidade Nova de Lisboa, 2008. v. 302, p. 1-13.

BAENINGER, Rosana. Migrações internas no Brasil no século 21: entre o local e o

global. In: BAENINGER, Rosana; DEDECCA, Claudio Salvadori (Org.). Processos

migratórios no Estado de São Paulo: estudos temáticos. Campinas: Núcleo de

Estudos de População - Nepo/Unicamp, 2013. p. 193-214.

BAENINGER, Rosana et al. (Org.). Imigração Haitiana no Brasil. Jundiaí: Paco

Editorial, 2016. 685 p.

BÁRBARA, Marcelo Santa. Brasiguaios: território e jogos de identidades. In:

PÓVOA NETO, Helion; FERREIRA, Ademir Pacelli (Org.). Cruzando fronteiras

disciplinares: um panorama dos estudos migratórios. Rio de Janeiro: Revan, 2005.

Cap. 20, p. 333-346.

BELTRÃO, Kaizô Iwakami; SUGAHARA, Sonoe. Permanentemente temporário:

dekasseguis brasileiros no Japão. Revista Brasileira de Estudos de População, São

Paulo, v. 23, n. 1, p.61-85, 2006. Disponível em:

v23n1/v23n1a05>. Acesso em: 2 maio 2017.

CAMPOS, Amanda. Número de imigrantes dos EUA no Brasil aumenta quase

% em dez anos. 2014. Disponível em:

mundo/2014-12-05/numero-de-imigrantes-dos-eua-no-brasil-aumenta-quase-70-

em-dez-anos.html>. Acesso em: 2 maio 2017.

CAMPOS, Marden Barbosa de; BORGES, Gabriel Mendes; SILVA, Luciano

Gonçalves de Castro e. Estimativas de migração internacional no Brasil: reversão

ROBERTO R. G. UEBEL | JALUSA P. ABAIDE | Brazilian dream 267

do saldo migratório internacional negativo. In: ENCONTRO NACIONAL

DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 28., 2012, Águas de Lindoia. Anais... Belo

Horizonte: ABEP, 2012. p. 1-14. Disponível em:

br/xviii/anais/files/ST39[240]ABEP2012.pdf>. Acesso em: 2 maio 2017.

CORRALES, Johana Barreneche. Refugiados colombianos no Brasil:

interpretações das suas travessias internas. 2007. 185 f. Dissertação (Mestrado em

Ciência Política) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

COVARRUBIAS, Humberto Márquez; WISE, Raúl Delgado. Una perspectiva del

sur sobre capital global, migración forzada y desarrollo alternativo. Migración y

Desarrollo, Zacatecas, v. 9, n. 16, p.03-42, jan. 2011. Disponível em:

scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1870-75992011000100001>. Acesso

em: 2 maio 2017.

ELIZALDE, Antonio; CORREA, Luis Eduardo Thayer; CÓRDOVA, María Gabriela.

Migraciones sur-sur: paradojas globales y promesas locales. Polis: Revista

Latinoamericana, Santiago, n. 35, p.1-7, 2013. Disponível em:

org/9375>. Acesso em: 2 maio 2017.

HARVEY, David. A condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da

mudança cultural. São Paulo: Loyola, 1992. 349 p.

MELLO, Neli Aparecida de. Políticas territoriais na Amazônia. São Paulo:

Annablume, 2006. 412 p.

NAWYN, Stephanie J. Migration in the Global South: Exploring New Theoretical

Territory. International Journal of Sociology, Armonk, v. 46, n. 2, p.81-84, 2 abr.

Disponível em: . Acesso

em: 2 maio 2017.

NOVAES, Mariana Gonzalez Leandro. Os “galegos da Galícia” no Rio de Janeiro.

In: SEMINÁRIO NACIONAL DE MEMÓRIA SOCIAL, 1., 2013, Rio de Janeiro.

Anais... Rio de Janeiro: UNIRIO, 2013. p. 1-12.

OLIVEIRA, Márcia Maria de. A mobilidade humana na tríplice fronteira: Peru,

Brasil e Colômbia. Estudos Avançados, São Paulo, v. 20, n. 57, p.183-196, ago. 2006.

Disponível em: . Acesso em: 2

maio 2017.

OLIVEIRA, Gabriela Camargo de. A segunda geração de latino-americanos em

São Paulo. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 36., 2012, Águas de Lindoia.

Anais do 36º Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo: ANPOCS, 2012. Disponível

em:

view&gid=8092&Itemid=76>. Acesso em: 04 jun. 2016.

MEDIAÇÕES, LONDRINA, V. 22 N. 1, P. 243-269, JAN./JUN. 2017. 268

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL PARA AS MIGRAÇÕES. Perfil

Migratório do Brasil 2009. Genebra, 2009. 148 p. Disponível em:

gov.br/trab_estrang/perfil_migratorio_2009.pdf>. Acesso em: 11 nov. 2014.

PATARRA, Neide Lopes (Coord.). Emigração e imigração internacionais no Brasil

contemporâneo. São Paulo: Fundo de População das Nações Unidas, 1995. 200 p.

PATARRA, Neide Lopes. Migrações internacionais: teorias, políticas e movimentos

sociais. Estudos Avançados, São Paulo, v. 20, n. 57, p.7-24, ago. 2006. Disponível

em: . Acesso em: 2 maio 2017.

PIZARRO, Jorge Martínez; CHRISTINY, Verónica Cano; CONTRUCCI,

Magdalena Soffia. Tendencias y patrones de la migración latinoamericana y

caribeña hacia 2010 y desafíos para una agenda regional. Santiago: Cepal, 2014.

(Población y desarollo). Disponível em:

handle/11362/37218/1/S1420586_es.pdf>. Acesso em: 2 maio 2017.

RANINCHESKI, Sonia; UEBEL, Roberto Rodolfo Georg. La acción del Estado

brasileño en relación a los migrantes bolivianos en Brasil: la cuestión del trabajo

(in)documentado, refugio e inmigración económica. Si Somos Americanos,

Santiago, v. 14, n. 2, p.47-79, dez. 2014. Disponível em:

php?pid=S0719-09482014000200003&script=sci_arttext>. Acesso em: 03 maio 2017.

SASSEN, Saskia. The mobility of labor and capital: a study in international

investment and labor flow. Nova York: Cambridge University Press, 1988. 224 p.

SASSEN, Saskia. A sociology of globalization. Nova York: W.W. Norton, 2007. 308

p.

SAYAD, Abdelmalek. L’immigration ou Les paradoxes de l’altérité. Paris: Raisons

D’agir, 2006. 3 v.

UEBEL, Roberto. O uso das escalas geográficas no estudo do processo de

imigração contemporânea no Brasil. Got - Geography And Spatial Planning

Journal, Porto, v. 5, p.259-276, jun. 2014. Disponível em:

pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2182-12672014000100012&lng=en&nrm;=.

pf&tlng=pt>. Acesso em: 3 maio 2017.

UEBEL, Roberto Rodolfo Georg. Análise do perfil socioespacial das migrações

internacionais para o Rio Grande do Sul no início do século XXI: redes, atores

e cenários da imigração haitiana e senegalesa. 2015. 248 f. Dissertação (Mestrado

em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

Disponível em: . Acesso em: 3 maio 2017.

UEBEL, Roberto Rodolfo Georg; RANINCHESKI, Sonia Maria. Uma ponte para

o futuro? As migrações na agenda governamental brasileira - perfis, agendas e

tratamentos. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISADORES DA HISTÓRIA

ROBERTO R. G. UEBEL | JALUSA P. ABAIDE | Brazilian dream 269

DAS COMUNIDADES TEUTO-BRASILEIRAS, 13., 2017, Lajeado. Resumos...

Ivoti: Isei, 2017. p. 66-67. Disponível em:

seminario_nacional_historia/ carderno_de_programacao_e_resumos.pdf>. Acesso

em: 1 maio 2017.

WALLERSTEIN, Immanuel. A World-System Perspective on the Social Sciences.

The British Journal of Sociology, Londres, v. 27, n. 3, p.343-352, set. 1976.

Disponível em: .

Acesso em: 12 nov. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2017v22n1p243

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International