Educação na Modernidade Líquida: entre tensões e desafios

Cássia Cristina Furlan, Eliane Rose Maio

Resumo


Este trabalho tem por objetivo compreender as crises paradigmáticas que se multiplicam no campo da educação e na sociedade em geral, refletindo diretamente as influências dessa crise no contexto das teorias pedagógicas na contemporaneidade. Problematizamos aspectos do pensamento pós-moderno e diversos/as autores/as que privilegiam mudanças de perspectiva acerca dos postulados da modernidade, como Bauman (2001; 2010; 2013), Harvey (2012), Santos (2007), Lyotard (1988) e alguns/mas outros/as que darão subsídio às nossas reflexões. Tais prerrogativas se sustentam na atual crise societária que tem propiciado o questionamento das metanarrativas modernas e seus pilares de sustentação diante das transformações ocorridas na denominada Modernidade Líquida.

Palavras-chave


Educação; Modernidade líquida; Teorias pedagógicas; Pósmoderno.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Felipe Quintão; GOMES, Ivan Marcelo; BRACHT, Valter. Bauman e educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

BAUMAN, Zygmunt. A sociedade líquida: entrevistado por Maria Lúcia Garcia Palhares-Burke. São Paulo: Folha de São Paulo, 2003. Disponível em: . Acesso em: fev. 2016.

BAUMAN, Zygmunt. Bauman sobre Bauman. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

BAUMAN, Zygmunt. Capitalismo parasitário: e outros temas contemporâneos. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

BAUMAN, Zygmunt. Desafios pedagógicos e modernidade líquida: entrevista de Alba Porcheddu sobre a educação. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 39, n. 137, p. 661- 684, maio/ago. 2009.

BAUMAN, Zygmunt. Ética pós-moderna. São Paulo: Paulus, 1997.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade e ambivalência. Rio de Janeiro: Zahar, 1999.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BAUMAN, Zygmunt. Observatório da imprensa entrevista o sociólogo Zygmunt Bauman. 2015.

BAUMAN, Zygmunt. Sobre educação e juventude: conversas com Ricardo Mazzeo. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

FRANÇA, Rafael Marques. Crises e emergências paradigmáticas na ciência, no currículo e na educação física. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Londrina, Centro de Educação, Comunicação e Artes, Londrina, 2009.

GHIRALDELLI JUNIOR, Paulo. As teorias educacionais e as didáticas na modernidade e pós-modernidade. ______. Didática e teorias educacionais. Rio de Janeiro: DP&A, 2000, p. 39-75.

GOERGEN, Pedro. O embate modernidade/pós-modernidade e seu impacto sobre a teoria e a prática educacionais. Eccos Revista Científica, São Paulo, n. 28, p. 149-169, maio/ago. 2012.

HARVEY, David. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 22. ed. São Paulo: Edições Loyola Jesuítas, 2012.

HUTCHEON, Linda. A incredulidade a respeito das metanarrativas: articulando pós-modernismo e feminismos. Labrys: Estudos Feministas, [S. l.], n. 1-2, p. 1-5, dez. 2002.

LIBANEO, José Carlos. As teorias pedagógicas modernas resignificadas pelo debate contemporâneo na educação. In: LIBÂNEO, José Carlos; SANTOS, Akiko (Org.). Educação na era do conhecimento em rede e transdisciplinaridade. São Paulo: Alínea, 2005. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2014.

LIMA, João Francisco Lopes. A pedagogia e o cenário pós-moderno: sobre as possibilidades de continuar educando. Educere et Educare: Revista de Educação, Cascavel, v. 5, n. 10, p. 1-12, 2010.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pósestruturalista. Petrópolis: Vozes, 2007.

LYOTARD, Jean-François. O pós-moderno. 3. ed. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1988.

McLAREN, Peter. Pós-modernismo, pós-colonialismo e pedagogia. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. Teoria crítica em tempos pós-modernos. Porto Alegre: Artes Medicas, 1993. p. 9-40.

MOREIRA, Antonio Flavio; TADEU, Tomaz (Org.). Currículo, cultura e sociedade. 12. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

MORIN, Edgar. O paradigma perdido: a natureza humana. Portugal: Publicações Europa América, 1988.

PONDÉ, Luiz Felipe. A invenção do contemporâneo: o diagnóstico de Zygmunt Bauman para a pós-modernidade. Campinas: CPLF Cultura, 2011. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2014.

SANTOS, Boaventura Sousa. Em torno de um novo paradigma sócioepistemológico: Manuel Tavares conversa com Boaventura de Sousa Santos. Revista Lusófona de Educação, Lisboa, v. 10, n. 10, p. 1-11, 2007.

SCOCUGLIA, Afonso Celso. Paulo Freire e a «conscientização» na transição pósmoderna. Educação, Sociedade & Culturas, Porto, n. 23, p. 21-42, 2005.

SILVA, Tomaz Tadeu. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2016v21n2p279

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International