Ser imigrante e empreendedor: lógicas e sentidos. Aspectos da imigração brasileira na Itália.

Joao Carlos Tedesco

Resumo


O texto analisa alguns aspectos da imigração brasileira para as regiões Norte e Nordeste da Itália; centra o tema do empreendedorismo de imigrantes, ou seja, a estratégia de montar pequenas empresas, em geral, prestadoras de serviços em atividades agrícolas, na construção civil e na limpeza de prédios e condomínios; revela que imigrantes brasileiros dinamizam com intensidade essa realidade, otimizam sua condição de duplo-cidadão, muitos desses associam-se com italianos e montam empresas. O empreendedorismo revela um estágio avançado de integração social e produtiva do imigrante; é uma estratégia de mudança da performance imigratória, promove, na maioria das vezes, o reagrupamento familiar e absorve nichos de mercado. Porém, não é uma realidade que se concretiza com facilidades; há muitos limites financeiros, burocráticos e exigências que, deliberadamente, dificultam essa mudança de identidade do imigrante

Palavras-chave


Imigração; Empreendedorismo, Integração social; Brasileiros.

Texto completo:

PDF

Referências


ABÍLIO, Ludmila Costhek. Sem maquiagem: o trabalho de um milhão de revendedoras de cosméticos. São Paulo: Boitempo, 2014.

ABÍLIO, Ludmila Costhek. Uberização do trabalho: subsunção real da viração. 2017. Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2017.

AMBROSINI, Maurizio. Delle reti e oltre: processi migratori, legami social e istituzioni. In: DECIMO, F.; SCIORTINO, G. Stranieri in Italia. Reti migranti. Bologna: Il Mulino, 2007. p. 21-55.

AMBROSINI, Maurizio. Immigrati e lavoro indipendente. In: ZINCONE, Giovanna. Secondo Rapporto Sull’integrazione degli Immigrati in Italia. Bologna: Il Mulino, 2001. p. 369-373.

AMBROSINI, Maurizio. Immigrazione irregolare e politiche di contrasto: retoriche e realtà. Mondi Migranti, Milano, n. 3, p. 177-184, 2009.

ANTUNES, Ricardo. O continente do labor. São Paulo: Boitempo, 2011.

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLÉIA DE DEUS E MISSÕES. Primeira Escola Bíblica de Verona – Itália. 2011. Disponível em: . Acesso em: 9 fev. 2012. CAMPOS, Adriano; SOEIRO, José. A falácia do empreendedorismo. Lisboa: Bertrand, 2016.

FILIPPI, Vittorio. Quando gli immigrati diventano imprenditori: la realtà dell’artigianato in Veneto e a Treviso. Studi Emigrazione. Roma, a. XXXVIII, n. 144, p. 811-829, 2001.

FLORIAN, Sonia. Identità di frontiera. Migrazione, biografie, vita quotidiana. Catanzaro: Rubbettino, 2004.

FONDAZIONE ETHNOLAND. Imigrati imprenditori in Itália. Roma: Edizione Idos, 2009.

IDOS. Dossier statistico immigrazione 2015. Roma: Idos Edizioni, 2016.

MACHADO. Igor. José Renó. Um mar de identidades: a imigração brasileira em Portugal. São Carlos: Edufscar, 2006.

MARTES, Ana Cristina Braga. A emigração brasileira e os pequenos empresários. In: CNPD - COMISSÃO NACIONAL DE POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. Migrações internacionais: contribuições para políticas. Brasília: MRE, 2001. p. 375- 393.

MIRANDA, Adelina. Domestiche straniere e datrici di lavoro autoctone. Studi Emigrazione, Roma, a. XXXIX, n. 148, p. 859-879, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2017v22n1p213

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International