Um canibal no banco dos réus? Entre o canibalismo e o vilipêndio a cadáver em um caso jurídico

Clark Mangabeira

Resumo


Em 2007, uma pequena cidade do Centro-Oeste brasileiro apareceu no panorama da imprensa nacional devido ao caso de um homicídio que envolveu atos de canibalismo. O objetivo deste trabalho é articular as narrativas jurídicas da acusação e da defesa, constantes nos autos do processo, no tocante às categorias canibalismo e vilipêndio a cadáver. Trata-se, em sentido
amplo, de um estudo de caso sobre canibalismo em contexto urbano e suas representações jurídico-discursivas, articuladas a partir da interpretação de eixos como violência, nojo, simpatia e silêncios, destacados dos textos e documentos processuais. Longe de procurar motivos, por fim, interessa a construção jurídica do caso concreto e seus desdobramentos semânticos.


Palavras-chave


Canibalismo; Vilipêndio a cadáver; Direito; Ciências sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2016v21n1p44

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br