Cultura do medo e Democracia: um paradoxo brasileiro

Débora Regina Pastana

Resumo


Esse artigo analisa a insegurança social presente na sociedade brasileira contemporânea. Essa reflexão busca compreender como o medo, no caso associado à criminalidade, se tornou tão evidente no período democrático recente da história nacional e de que maneira ele interfere nas relações sociais e nas políticas públicas de segurança.Esse alarme social é considerado, nesta análise, uma via simbólica para o autoritarismo que só subsiste com a degradação da sociabilidade e o enfraquecimento da cidadania.


Palavras-chave


Medo; Criminalidade; Democracia; Autoritarismo.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, S. S. Cidadania e administração da Justiça criminal. In: DINIZ, E.; LEITE LOPES, S. E.; PRANDI, R. (Org.). O Brasil no rastro da crise. anuário de Antropologia, Política e Sociologia. São Paulo: Anpocs/IPEA, 1994. p. 304-327.

BATISTA, Vera Malaguti. Autoritarismo e controle social no Brasil: memória e medo. Revista Sem Terra, n. 10, 2001.

CALDEIRA, Teresa Pires do Rio. Cidade de muros: crime, segregação e cidadania em São Paulo. S„o Paulo: Ed.34/EDUSP, 2000.

CARDIA, Nancy. Direitos humanos: ausência de cidadania e exclusão moral. São Paulo: Comissão Justiça e Paz de São Paulo, 1995.

CHAUI, Marilena. Sobre o medo. In: NOVAES, Adauto (Org.). Sentidos da Paixão. São Paulo: Companhia da Letras, 1999.

CHAUI, Marilena. Conformismo e Resistência: aspectos da cultura popular do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1989.

DELUMEAU, Jean. História do medo no ocidente: 1300 - 1800. São Paulo: Companhia das Letras,1999.

INSTITUTO DE ESTUDOS EMPRESARIAIS. Guia da Folha. São Paulo: Folha de São Paulo, 2000.

GLASSNER, Barry. The culture of Fear: why americans are afraid of the wrong things. New York: Basic Books, 1999.

KAHN, T?lio. A expansão da segurança privada no Brasil: algumas implicações teóricas e práticas. Boletim Conjuntura Criminal, ano 2, n. 5, Jun. 1999.

KAHN,T. Criminalidade e meios de comunicação. Revista Conjuntura Criminal, São. Paulo, Ago.1998.

KARAM, Maria Lúcia. Aplicação da pena: por uma nova atuação da justiça criminal. Revista brasileira de ciências criminais, São Paulo, v. 2, n. 6, p 117-32, abr./jun. 1994.

MINAYO, Maria Cecília de Souza et al. A produção da (des) informação sobre violência: análise de uma prática discriminatória. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v 13. n. 3, jul/set. 1997.

MOLINA, Pablos de; GARCIA, Antonio. Criminologia: uma introdução aos seus fundamentos teóricos. Tradução de Luiz Flávio Gomes. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1992.

PINHEIRO, Pulo Sérgio. et al. Continuidade autoritária e construção da democracia: Projeto integrado de pesquisa. São Paulo: NEV/USP, 1999.

PORTO, Maria do Rosário Silveira; TEIXEIRA, Maria Cecília Sanches. Violência, insegurança e imaginário do medo. Cadernos CEDES, Campinas, v.19, n. 47, dez. 1998

RAMOS, Silvia (Org.). Mídia & Violência urbana. Rio de Janeiro: Faperj, 1994.

SANTOS, Boaventura de Souza. Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. 5. ed. São Paulo: Cortez, 1999.

SGARIONI, Mariana. Folha de São Paulo, 7 nov. 1999. Caderno Cotidiano.

SOARES, Luis Eduardo. et al. Uma radiografia da violência no Rio de Janeiro. In: BENGEMER, Maria C.; BARTHOLO, Roberto S. (Org.). Violência, crime e castigo. Rio de Janeiro: Loyola, 1996.

VIANA, Maria Luiza Werneck. A Nova República e a transição entre o antigo regime e a novíssima república. Travessia, 1986.

ZALUAR, Alba. Para não dizer que não falei de samba: os enigmas da violência no Brasil In. SCHWARCZ, Lilia Mortiz (Org.). História da Vida Privada no Brasil. São Paulo: Cia. das Letras, 2000. v.4.

ZALUAR, Alba. Exclusão e políticas públicas: dilemas teóricos e alternativas políticas. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v.12, n. 35, out., 1997.

ZALUAR, Alba. Violência, pobreza, drogas. Braudel Papers, São Paulo, n. 12, 1995.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2005v10n2p183

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International