A Estatização do Setor de Energia Elétrica: Embates entre Entreguistas e Tupiniquins no Centro Diretivo do Segundo Governo Vargas (1951-54)

Marcelo Squinca da Silva

Resumo


O artigo pretende discutir o processo de estatização do setor de energia elétrica no Brasil, através da análise entre duas posições conflitantes durante o governo Vargas na década de 50.


Palavras-chave


Estatização; Energia Elétrica; Nacionalismo; Governo Vargas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2005v10n1p157

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br