Um Brasil em dois tempos: do sertão euclidiano revisto por Glauber à Central do Brasil

Eliska Altmann

Resumo


Da idéia de que uma nação pode ser imaginada tanto através da literatura quanto do cinema, o presente artigo analisa símbolos e discursos constituidores de um espaço identitário brasileiro através da interlocução entre elementos constitutivos de ambas as artes e concepções teóricas do pensamento social e da atualidade.


Palavras-chave


Cinema; Literatura e identidade nacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2005v10n1p59

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br