As transformações do conceito de infância em “grandes esperanças”, de Charles Dickens

Ricardo Maria dos Santos

Resumo


O artigo discorre sobre as inter-relações entre as transformações do conceito de infância ocorridas até a segunda metade do século XIX na Inglaterra e as referências subjacentes a elas na obra “Grandes Esperanças” [Great Expectations] de Charles Dickens, usando material de pesquisa histórica e sociológica (Philippe Ariès, entre outros) e da fortuna crítica contemporânea das obras de Dickens.


Palavras-chave


Dickens; Infância; “Grandes Esperanças”; Criança crescida.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2005v10n1p9

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

ISSN: 1414-0543

EISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br