Apresentação

Comisão Editorial

Resumo


A importância da realização de pesquisas sobre as sociedades indígenas éincontestável. Em termos acadêmicos, o conhecimento do “Outro” possibilita, como bem sabemos, o entendimento da alteridade, ao mesmo passo que nos leva a pensar sobre nós mesmos e nossas questões identitárias. Além disso, o conhecimento das formas de organização social de outras sociedades, regidas por lógicas dissonantes em relação ao padrão cultural euroamericano (do qual, em certa medida, fazemos parte), amplia nossos horizontes e nossas análises sobre estruturas sociais, aspectos históricos, modelos econômicos e políticos. No entanto, é necessário ressaltar outra dimensão, de ordem política, que a publicação do dossiê: “Estudos sobre as sociedades Jê (Kaingang e Xokleng) no Sul do Brasil”, organizado pelos professores Flávio Braune Wiik e Lúcio Tadeu Mota, tem.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International