Civilização e Violência em Terras Paulistas: Notas Sobre o Romance Chão Bruto, de Hernani Donato

Robson dos Santos

Resumo


Neste artigo é desenvolvida uma análise do romance Chão Bruto, de Hernani Donato, buscando apontar como o autor elabora o texto mobilizando categorias como civilização e progresso, vistos como processos que encontram no mundo rural uma barreira física e cultural. A obra narra a ocupação do oeste paulista no início do século XX e as violências geradas na luta pela posse da terra. Para isso, Donato se ampara em noções como civilização e progresso como categorias implícitas ao desenvolvimento da trama. A análise do texto é realizada a partir da apreensão do confronto entre civilização e violência e da noção de estrutura de sentimentos, que tomamos para entender a permanência de imagens bucólicas em narrativas sobre o rural.


Palavras-chave


Civilização; Espaço rural; Romance; Violência; Modernização.

Texto completo:

PDF

Referências


BOTELHO, André; BASTOS, Elide; BÔAS, Glaucia Villas (Org.). O moderno em questão: a década de 1950 no Brasil. Rio de Janeiro: TOPBOOKS, 2008.

CANDIDO, Antonio. O discurso e a cidade. São Paulo: Duas Cidade, 2004.

CANDIDO, Antonio. Os parceiros do Rio Bonito. São Paulo: Duas Cidades, 1975. DONATO, Hernani. Chão bruto. São Paulo: Círculo do Livro: 1980. EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. São Paulo: Unesp, 2005. ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Ed. Jorge Zahar, 1994. LIMA, Nísia Trindade. Um sertão chamado Brasil: intelectuais e representação geográfica da identidade nacional. Rio de Janeiro: Ed. Revan, 1999.

LÖWY, Michel; SAYRE, Robert. Revolta e melancolia : o romantismo na contramão da modernidade. Petrópolis: Vozes, 1995.

MICELI, Sergio. Intelectuais à brasileira. São Paulo: Companhia das Letras, 2001. RIDENTI, Marcelo. Em busca do povo brasileiro. São Paulo: Record, 2001.

SANTOS, Robson. A terra desolada: representações do rural no romance brasileiro (1945-1964). 2011. Tese (Doutorado em Sociologia) - Unicamp, Campinas, 2011.

SOBREIRO FILHO, José. A Luta pela terra no Pontal do Paranapanema: história e atualidade. Geografia em Questão, Cascavel, v. 5, n. 1, p. 83-114, 2012.

STEFANI, Celia Regina Baider. O sistema ferroviário paulista - um estudo sobre a evolução do transporte de passageiros sobre trilhos. 2007. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

WILLIAMS, Raymond. Cultura. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

WILLIAMS, Raymond. O campo e a cidade na história e na literatura. São Paulo: Companhia da Letras, 2011.

WILLIAMS, Raymond. Palavras-chave. São Paulo: Boitempo, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2013v18n2p210

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International