Chamada de artigos - Dossiê: Arqueologias políticas do futuro: do aceleracionismo ao antropoceno (Mediações, vol. 27, n. 1 - 2022/1).

Organizadorxs: Emmanuel Biset (CONICET-Argentina) e Isabel Cristina Naranjo Noreña (Universidad Nacional de Córdoba, Argentina).

A presente proposta de dossiê procura incorporar artigos derivados de pesquisas que dentro das Ciências Sociais e da Filosofia indaguem sobre as dificuldades e possibilidades de definir o político hoje; que abordem os problemas que devem ser confrontados na tentativa de definir uma orientação dentro das esquerdas contemporâneas que contemple a possibilidade de imaginar outros futuros. É assim como esta proposta procura dar especial ênfase ao futuro como uma questão chave. Isto significa não só se perguntar pelas condições dacrítica do presente e de como temos chegado a ser o que somos, senão analisar as características dos futuros possíveis, dos imaginários de futuro. Se uma das questões que podem ser rastreadas na atualidade é a destituição da noção de “progresso” como aquela que modela de maneira mais precisa o futuro (uma destituição em quanto o futuro parece absolutamente definido por uma devastação apocalíptica), nos interessa pensar como o futuro aparece na configuração do pensamento político contemporâneo.

A chamada de artigos para o dossiê estará aberta até o dia 15 de Novembro de 2021 e serão aceitos textos originais em português, espanhol e inglês.

As contribuições devem ser submetidas através do sistema online da revista:

http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/index

Para uma visão mais detalhada da proposta e dos objetivos deste dossiê, acesse:

http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/mediacoes/announcement/view/311