Responsabilidade social e incentivos fiscais na ciência, tecnologia e inovação

Sandra Barbon Lewis

Resumo


O artigo objetiva demonstrar a possibilidade de as empresas praticarem ações de responsabilidade social utilizando-se de incentivos fiscais disponibilizados pela legislação brasileira àquelas que atuam no campo da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). O estudo pauta-se nos métodos indutivo e dedutivo de abordagem e revela-se limitado no que diz respeito à dificuldade de acesso a dados oficiais, capazes de demonstrar a amplitude da utilização de incentivos fiscais pelas empresas, daí o interesse por uma próxima pesquisa nesse contexto. A pesquisa, ainda, patrocina impactos sociais e econômicos, à medida que visa otimizar o desempenho empresarial e, ao mesmo tempo, social, dado preconizar a utilização de incentivos fiscais como forma de promover a responsabilidade social e demonstrar que esta se situa muito além da filantropia, tendo em vista sua relação com o desenvolvimento sustentável e com uma melhor qualidade de vida


Palavras-chave


Responsabilidade Social; Desenvolvimento Sustentável; Incentivos Fiscais, CT&I (Ciência, Tecnologia e Inovação).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2010v14n0p281



Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.