Considerações entre a produção e os fundamentos do Estado

Adreana Dulcina Platt

Resumo


A finalidade deste artigo se volta a socialização dos resultados parciais da pesquisa acadêmica desenvolvida na Universidade Estadual de Londrina, que objetiva ao resgate da formação do Estado, precipuamente à garantia da propriedade privada e na tributação dos sujeitos sociais. Com a aguda ocidentalização da teoria de Estado orientado pelos determinantes históricos da produção, intercâmbio e tecnologia, partiremos junto a organização de um quadro descritivo da formação do Estado, em diferentes tempos históricos sempre em atenção ao realinhamento do modelo de produção.  O quadro será descritivo e composto a partir do enfoque das nações centrais (do Estado pré-capitalista ao Estado neoliberal) e das nações periféricas (Estado metropolitano ao Estado neoliberal). Com o esclarecimento destas categorias, apontaremos os determinantes políticos que se fazem presentes na atualidade frente as adequações que precisam ser engendradas entre o modo de produção (com ênfase na hegemonia do modo de produção capitalista) e o Estado.


Palavras-chave


Estado; Produção; Adequação histórico-filosófica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2009v13n0p9



Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.