A crise do estado contemporâneo e o papel da regulação das atividades econômicas

Adriano Moreira Gameiro, Carla Bonomo

Resumo


O presente trabalho objetiva demonstrar a formação do Estado através de uma teoria racionalista, que é a do contrato social, considerando Hobbes, Locke e Rousseau, a evolução dessa forma de Estado até o modelo atual, justificando então a crise que se encontra atualmente e qual o papel da regulação da atividade econômica para a diminuição dos efeitos da mesma.


Palavras-chave


Regulação atividade econômica; Estado, Crise.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2006v10n0p9



Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.