O liberalismo e os limites da justiça

Rafael Antônio Costa

Resumo


A presente resenha tem por finalidade apresentar a obra O Liberalismo e os limites da justiça, de Michael Sandel, que se insere no contexto da crítica comunitarista ao liberalismo deontológico de John Raws. Desse modo delineou-se os principais argumentos levantados por Sandel contra a tese defendia por Rawls da prioridade do justo em relação ao bom.


Palavras-chave


Comunitarismo; Liberalismo; Justiça.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2018v22n2p338

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.