Reivindicações por justiça e a identificação de atingidos no eixo minerário do Projeto Minas-Rio

Sergio Marcos Carvalho de Ávila Negri, Elora Raad Fernandes

Resumo


O presente trabalho pretende analisar o processo de identificação de atingidos no eixo minerário do Projeto Minas-Rio, que compreende os municípios de Conceição do Mato Dentro, Alvorada de Minas e Dom Joaquim, em uma perspectiva de justiça, segundo Nancy Fraser. Realiza-se um estudo de caso com base nos preceitos Robert Yin, segundo o qual seria possível dar início ao desenvolvimento de uma teoria sobre o processo de identificação de atingidos no Brasil, que poderá ser replicada e confirmada em outros casos. Conclui-se que injustiças das três dimensões definidas pelo marco teórico foram identificadas ao longo do processo de instalação do empreendimento, quais sejam, as de redistribuição, reconhecimento e representação e que esta última poderia estar obstruindo a busca pela reparação das injustiças de primeira ordem. Neste sentido, através da análise de outros casos de violações de direitos humanos em empreendimentos minerários, seria possível encontrar padrões de comportamento empresarial e estatal que fazem com que o modelo atual de identificação de atingidos tenha de ser revisto.


Palavras-chave


Projeto Minas-Rio; Identificação de Atingidos; Direitos Humanos e Empresas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2018v22n1p37

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.