O direito social condensado em Gurvitch e o comunitarismo de Ezioni: notas acerca de uma interconexão possível

Eliane Fontana, Ricardo Hermany

Resumo


Este artigo tem como objetivo geral uma investigação acerca da possível interlocução entre o direito social condensado trabalhado pela teoria de Georges Gurvitch e a corrente filosófico-política contemporânea do Comunitarismo Responsivo, de Amitai Etzioni. Busca-se evidenciar se há conexões possíveis no que tange às variáveis de similitudes e divergências. Concluiu-se que, apesar das notáveis diferenças entre os seus autores, as teorias buscam algo em comum: a integração social numa ambiente democrático. O rechaço às posturas extremistas, que imprimem o individualismo é a forca motriz para a construção de um direito autorregulado pela sociedade- por Gurvitch- e, também, por Etzioni, neste, para o desenho de uma Plataforma que perfila uma terceira via ao individualismo e ao social conservadorismo.

Palavras-chave


Amitai Etzioni; Comunitarismo; Direito social condensado; Georges Gurvitch

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2015v19n2p51



Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.