Fundamentos filosóficos da proteção ambiental

Arnaldo Moraes Godoy

Resumo


O presente trabalho considera os fundamentos filosóficos da proteção ambiental, evidenciando razões antropocêntricas, em que pese esforço mais contemporâneo para justificativas biocêntricas, que focalizam a natureza por seus intrínsecos valores. O excerto também vislumbra fundamentos políticos e econômicos, no modelo ambientalista brasileiro, utilizado para captação de recursos externos.

Palavras-chave


Proteção ambiental; Justificativas; Antropocentrismo; Biocentrismo; Marketing ecológico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2002v5n0p196



Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.