O uso de Análise Contextual de Tarefas para a gestão da propriedade intelectual / El uso de Análisis Contextual de Tarea para la gestión de la propiedad intelectual

Eliandro dos Santos Costa, Andre Zanki Cordenonsi, Julio Cezar Mairesse Siluk, Felipe Martins Müller

Resumo


Apresenta o processo de desenvolvimento de um modelo para sistema de gestão de propriedade intelectual por meio do uso de metodologia de análise contextual de tarefas, a qual visa desenvolver a modelagem sob a visão do usuário. Apresenta um estudo de caso, onde é empregada a abordagem sugestionada para o levantamento de requisitos. Tem como objetivo desenvolver um modelo que apresente melhorias na gestão de processos de proteção de propriedade intelectual, e que forneça dados que explicitem a importância do uso de ferramentas gerenciais como forma de melhoria no desempenho da proteção da produção intelectual da organização. Os resultados obtidos por meio do desenvolvimento de fluxos e com a estruturação das atividades foram positivos, melhorando a eficiência da recuperação de dados e conseqüentemente o aumento da capacidade de inovar da organização.


Palavras-chave


Inovação. Análise de Requisitos. Análise de Tarefas. Propriedade Intelectual. Gestão da Inovação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2010v15n2p129

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional