Práticas gerenciais em gestão do conhecimento: um estudo da aplicação em empresas juniores.

Eduardo Michelotti Bettoni, Eliane Xavier Silveira, Helena de Fátima Nunes Silva

Resumo


Analisa o comportamento da empresa júnior JR Consultoria, da Universidade Federal do Paraná, com relação às dimensões necessárias para aplicação de Gestão do Conhecimento. Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, apoiada em um estudo de caso e revisão de literatura. A coleta de dados foi realizada por meio de um questionário online com os membros da Organização, contendo perguntas fechadas relacionadas às dimensões de Gestão do Conhecimento. No segundo momento, esses resultados foram comparados ao cenário nacional, com vistas a pontuar semelhanças e diferenças entre a empresa Junior e os outros tipos de organização. Os resultados apontam o cenário estudantil com maior propensão às práticas de Gestão do Conhecimento, pelo caráter experimental, para o qual, erros e acertos trazem consequencias com menor impacto em relação às outras organizações. As empresas juniores são fomentadoras da experiência de mercado aos graduandos e neste sentido as práticas gerenciais que possibilitem um ambiente propício à troca e criação de conhecimento podem ser consideradas como formas de multiplicar a idéia de Gestão do Conhecimento no mundo empresarial.


Palavras-chave


Gestão do Conhecimento. Empresa Júnior. Práticas Gerenciais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2011v16n1p72

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional