O Prontuário do Paciente e os Pressupostos Arquivísticos: estreitas e profícuas interlocuções.

Letícia Gorri Molina, Rosane Suely Alvares Lunardelli

Resumo


Considerado documento multifuncional para a área da Saúde, o Prontuário do Paciente é abordado em seus suportes eletrônico e papel. Em que pese as dificuldades encontradas na implantação e utilização do Prontuário Eletrônico do Paciente, o cotejo entre os dois formatos acima mencionados, indica a primazia do Prontuário Eletrônico e o caracteriza como um elemento preponderante no que tange à melhoria dos sistemas e serviços de saúde de um país.   Dadas as suas especificidades, os requisitos fundamentais à sua plena utilização, entre outros fatores, ressalta-se a relevância dos pressupostos arquivísticos na organização da informação e do conhecimento registrados nesses dossiês.


Palavras-chave


ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO. ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO. PRONTUÁRIO DO PACIENTE. PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO PACIENTE (PEP) CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2010v15n1p68

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional