Informacionista de Pesquisa: oportunidades para bibliotecários na era do big data

Dayanne da Silva Prudencio, Jorge Calmon de Almeida Biolchini

Resumo


Introdução: apresenta oportunidades de atuação do bibliotecário de ciências da saúde como informacionista de pesquisa, em resposta às novas exigências de divulgação de dados de pesquisa requeridas por agências de fomento e editoras científicas.
Objetivo: como objetivo principal está o debate de como este profissional pode contribuir com o desenvolvimento de estratégias para busca e divulgação de dados na área de Ciências da Saúde no contexto brasileiro.
Metodologia: utiliza uma quasi-systematic review como método de pesquisa para apresentar um panorama histórico da ocupação, examinar o perfil profissional em termos de competências e habilidades necessárias a atuação no mundo do trabalho e ilustra algumas experiências profissionais documentadas na literatura internacional que sugerem uma trilha de boas práticas que podem ser aplicadas ao contexto nacional. Trata-se de pesquisa exploratória-descritiva, com abordagem qualitativa para análise dos dados e demonstração dos resultados.
Resultados: evidencia que estes profissionais atuam como mediadores entre equipes clínicas e a informação especializada e atualizada. Além disso, operam em todas as etapas do processo de pesquisa, provendo orientações sobre formatos, fontes de publicação, disposições relacionadas ao direito de autor e assessoram todo o processo editorial. Entretanto, sua principal missão está relacionada a melhoraria da gestão de dados de pesquisa.
Conclusão: conclui-se que a atuação do informacionista de pesquisa permite que o bibliotecário seja reconhecido como coprodutor de conhecimento em saúde e que efetivamente cumpra papéis mais ativos no desenvolvimento científico.


Palavras-chave


Informacionista de Pesquisa; Informacionista; Gestão de Dados; Profissional da Informação (atuação)

Texto completo:

PDF

Referências


ALLEE, N. J.; BLUMENTHAL, J.; JORDAN, K.; LALLA, N.; LAUSENG, D.; RANA, G.; SAYLOR, K.; SONG, J. One institution’s experience in transforming the health sciences library of the future. Medical Reference Services Quarterly, [s.l.], v. 33, n. 1, p. 1- 16, jan. 2014. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/02763869.2014.866444. Acesso em: 20 mar. 2019.

BIOLCHINI, J.; MIAN, P. G.; NATALI, A. C. C.; TRAVASSOS, G. H. Systematic Review in Software Engineering, Relatório Técnico ES, 2005. Disponível em: https://www.cos.ufrj.br/uploadfile/es67905.pdf. Acesso em: 15 jan. 2019.

BYRD, G. D. Can the profession of pharmacy serve as a model for health informationist professionals? Journal of the Medical Library Association (JMLA). v. 90, n. 1, p. 68-75. jan. 2002. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11838462. Acesso em: 26 abr. 2019.

BROWN, H.-A. Clinical medical librarian to clinical informationist. Reference Services Review, West Yorkshire, v. 32, n. 1, p.45-49, 2004. Disponível em: https://wwwemeraldinsight.com.ez29.capes.proxy.ufrj.br/doi/pdfplus/10.1108/00907320410519397. Acesso em: 06 abr. 2019.

CATALDO, T. T.; TENNANT, M. R.; SHERWILL-NAVARRO, P.; JESANO, R. Subject specialization in a liaison librarian program. Journal of Medical Library Association, v. 94, n. 4, oct. 2006. p. 446-448. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1629419/pdf/i1536-5050-094-04-0446.pdf. Acesso em: 20 jun. 2019.

COOPER, D. Is the informationist a new role? A logic model analysis. Journal of Medical Library Association, v. 99, n. 3, p. 189-192, jul. 2011. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3133893. Acesso em: 18 mar. 2019.

CORRALL, S.; KENNAN, M. A., AFZAL, W. Bibliometrics and research data management services: Emerging trends in library support for research. Library Trends, v. 61, n. 3, p. 636–674, 2013. Disponível em: http://dscholarship.pitt.edu/18948/1/08_61_3_corrall_636-674.pdf. Acesso em: 20 jun. 2019.

COSTA, M. M.; CUNHA, M. B. O bibliotecário no tratamento de dados oriundos da e-Science: considerações iniciais. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 19, n. 3, p. 189-206, 2014. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/37440. Acesso em: 02 maio 2019.

DAVIDOFF, F.; FLORANCE, V. The informationist: a new health profession? Annals of Internal Medicine, v. 132, n. 12, p. 996-998, 2000. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10858185. Acesso em: 15 maio. 2019.

DEARDORFF, A.; FLORANCE, V.; VANBIERVLIET, A. Assessing the National Library of Medicine's Informationist Awards. Journal Escience Librarianship, v. 5, n. 1, out., 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27818846 Acesso em: 15 nov. 2018.

DETLEFSEN, E. G. The education of informationists, from the perspective of a library and information sciences educator. Journal of Medical Library Association, v. 90, n. 1, p. 59-67, 2002. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC64758. Acesso em: 15 fev. 2019.

FEDERER, L. New Roles for the 21st Century: The Research Informationist. In. ARL/CNI FALL FORUM, LIBRARY WORKFORCE FOR 21ST CENTURY RESEARCH LIBRARIESARL FALL FORUM, out. 2012. Disponível em: https://www.arl.org/wp-content/uploads/2012/10/ff12-federer.pdf. Acesso em: 02 jun. 2019.

FEDERER, L. The librarian as research informationist: a case study. Journal of Medical Library Association, v. 101, n. 4, p. 298-302, out., 2013. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3794685/. Acesso em: 30 jun. 2019.

FIKAR, C. R.; CORRAL, O. L. Non-librarian health professionals becoming librarians and information specialists: results of an Internet survey. Bull. Med. Libr. Assoc., Chicago, v. 89, n. 1, p. 59-67, jan. 2001. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC31705/. Acesso em: 10 jun. 2019.

FLORANCE, V. Informationist careers for librarians: a brief history of NLM's Involvement. Journal of eScience Librarianship, v. 2, n. 1, 2013. Disponível em: http://dx.doi.org/10.7191/jeslib.2013.1040. Acesso em: 06 fev. 2019.

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. Ciência de dados: equipe. 2018. Disponível em: https://bigdata.icict.fiocruz.br/equipe . Acesso em: 10 jul. 2019.

GALVÃO, M. C. B.; LEITE, R. A. F. Do bibliotecário médico ao informacionista: traços semânticos de seus perfis e competências. Transinformação, v. 20, n. 2, p. 181-191, 2008. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/article/view/0000000488/932a9f8a54b00407376eb9c7141f82c2/. Acesso em: 16 maio 2019.

GIARLO, M. J. Academic libraries as quality hubs. Journal of Librarianship and Scholarly Communication, v. 1, n. 3, p. 1–10, 2013. Disponível em: https://jlsc-pub.org/articles/abstract/10.7710/2162-3309.1059/. Acesso em: 24 abr. 2019.

GIBBONS, M.; LIMOGES, C.; NOWOTNY, H.; SCHWARTZMAN, S.; SCOTT, P.; TROW, M. The new production of knowledge: the dynamics of science and research in contemporary societies. London, Thowsand Oaks, New Delhi: Sage Publications, 1994.

GONZALEZ DE GOMEZ, M. N. As relações entre ciência, Estado e sociedade: um domínio de visibilidade para as questões da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 32, n. 1, p. 60-76, jan./abr. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v32n1/15974.pdf. Acesso em: 02 maio 2019.

GREFSHEIM, S. F.; WHITMORE, S. C.; RAPP, B. A.; RANKIN, J. A.; ROBISON, R. R.; CANTO, C. C. The informationist: building evidence for an emerging health profession. Journal of Medical Library Association, v. 98, n. 2, p. 147–156, abr. 2010. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2859271/. Acesso em: 20 fev. 2019.

HERSH, W. Medical informatics education: An alternative pathway for training informationists. Journal of the Medical Library Association, v. 90, n. 1, p. 76–79, 2002. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11838463. Acesso em: 25 mar. 2019.

HOMAN, J. M.; MCGOWAN, J. J. The Medical Library Association: promoting new roles for health information professionals. Journal Medical Library Association, v. 90, n. 1, p. 80-85, jan. 2002. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC64761/. Acesso em: 24 abr. 2019.

KOLTAY, T. Data literacy for researchers and data librarians. Journal of Librarianship and Information Science, v. 49, n. 1, p. 3–14, 2017. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/0961000615616450?journalCode=lisb. Acesso em: 20 maio 2019.

LAPPA, E. Clinical Librarianship (CL): A Historical Perspective. E-JASL, [s.l.], v. 5, n. 2-3, Sept. 2004. Disponível em: http://southernlibrarianship.icaap.org/content/v05n02/lappa_e01.htm. Acesso em: 20 fev. 2019.

MONTANO, B. S J. Using the journal BMJ Case Reports to promote the publication of clinical case reports. Journal of the Medical Library Association, v. 104, n. 4, p. 325–327, out. 2016. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5079498/. Acesso em: 20 fev. 2019.

NAVES, M. M. L. Estudo de fatores interferentes no processo de análise de assunto. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 6, n. 2, p. 189-203, jul./dez. 2001. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/428. Acesso em: 20 abr. 2019.

NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH. NLM administrative supplements for informationist services in NIH-funded research projects, 2011. Disponível em: https://grants.nih.gov/grants/guide/pa-files/PA-12-158.html. Acesso em: 20 abr. 2019.

NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH. Data Services, 2019a. Disponível em: https://www.nihlibrary.nih.gov/services/data. Acesso em: 20 abr. 2019.

NATIONAL INSTITUTES OF HEALTH. Informationist Program, 2019b. Disponível em: https://www.nihlibrary.nih.gov/services/informationists. Acesso em: 07 abr. 2019.

PAI, M.; McCULLOCH, M.; GORMAN, J. D.; PAI, N.; ENANORIA, W.; KENNEDY, G.; THARYAN, P.; COLFORD, J. M. Systematic Reviews and Meta-Analyses: An Illustrated, Step-by-Step Guide. National Medical Journal of India, v. 17, n. 2, p. 89-95, 2004. Disponível em: https://read.qxmd.com/read/15141602/systematic-reviews-and-meta-analysesan-illustrated-step-by-step-guide. Acesso em: 15 nov. 2018.

PRUDENCIO, D. S. Diretrizes curriculares nacionais e a construção de propostas curriculares inovadoras: um estudo de cotejamento dos projetos políticos pedagógicos da UNIRIO e UFMG. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação). Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2015. Disponível em: https://app.uff.br/riuff/handle/1/7528. Acesso em: 24 ago. 2019.

RANKIN, J. A.; GREFSHEIM, S. F.; CANTO, C. C. The emerging informationist specialty: a systematic review of the literature. Journal of the Medical Library Association: JMLA, [s.l.], v. 96, n. 3, p.194-206, jul. 2008. Disponível: http://dx.doi.org/10.3163/1536-5050.96.3.005. Acesso em: 20 mar. 2019.

ROBISON, R. R. Informationist Education. Medical Reference Services Quarterly, [s.l.], v. 27, n. 3, p. 339-347, aug. 2008. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1080/02763860802199034. Acesso em: 02 jun. 2020.

SLADEK, R. M.; PINNOCK, C.; PHILLIPS, P. A. The informationist: a prospective uncontrolled study. International Journal for Quality in Health Care, Oxford, v. 16, n. 6, p. 509-515, dec. 2004. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1093/intqhc/mzh084. Acesso em: 10 jun. 2019.

SHIPMAN, J.; HOMAN, M. Medicine's library lifeline. Library Journal, New YORK, v. 128, n. 6, p.49-50, abr. 2003. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=EJ673360. Acesso em: 20 fev. 2019.

SILVA, F. C. C. O papel dos bibliotecários na gestão de dados científicos. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação, v. 14, n. 3, p. 387-406, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8646333. Acesso em: 07 jun. 2019.

TENOPIR, C.; BIRCH, B.; ALLARD, S. Academic libraries and research data services: current practices and plans for the future. Chicago, IL: Association of College and Research Libraries, jun. 2012. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/sites/ala.org.acrl/files/content/publications/whitepapers/Tenopir_Birch_Allard.pdf. Acesso em: 14 maio 2019.

TRAVASSOS, G. H.; SANTOS, P. S. M.; NETO, P. G. M.; BIOLCHINI, J. An Environment to Support Large Scale Experimentation in Software Engineering. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ENGINEERING OF COMPLEX COMPUTER SYSTEMS, 13., Anais […], 2008. Northern Ireland. Belfast, 2008. Disponível em: https://ieeexplore.ieee.org/document/4492892. Acesso em: 24 mar. 2019.

VALENTIM, M. L. P. Formação: competências e habilidades do profissional da informação. In: VALENTIM, M. L. P. Formação do profissional da informação. São Paulo: Polis, 2002. p. 117-132.

WENGER, E. Communities of Practice: Learning, Meaning, and Identity. New York: Cambridge University Press, 1999.

ZABALA, A.; ARNAU, L. Como aprender e ensinar competências. Porto Alegre: Artmed, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n2p150

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional