Arquitetura da informação: revisão integrativa em bases de dados de ciência da informação

Carin Cunha Rocha, Virgínia Bentes Pinto, Priscila Barros David

Resumo


Introdução: O advento das tecnologias digitais de informação e comunicação propiciou o surgimento de grande quantidade de informação e pouca organização. A arquitetura da informação surgiu nesse cenário com o objetivo de planejar, organizar e projetar os ambientes informacionais de maneira que o usuário encontre a informação que ele procura.
Objetivo: Esta pesquisa analisa a presença da arquitetura da informação na literatura científica referente à ciência da informação, pautada na seguinte questão: de que modo a arquitetura da informação está sendo investigada nos artigos científicos da área de Ciência da Informação?
Metodologia: Trata-se de uma pesquisa exploratória baseada na revisão integrativa, cuja literatura foi investigada a partir das seguintes fontes de informação: Base de Dados Referencial de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI), Scopus e Library and Information Sciense Abastracts (LISA), contemplando o período de 2000 ao primeiro semestre de 2019. A estratégia de busca pautou-se no termo “arquitetura da informação”. A partir dos resultados, foi realizada a leitura dos títulos, resumos, palavras-chave e, em alguns casos, a leitura dos textos completos.
Resultados: Setenta e três artigos encontrados sobre a temática da arquitetura da informação foram agrupados nas categorias: arquitetura da informação conectada a diversas áreas, arquitetura da informação e ambientes digitais, arquitetura da informação pervasiva, arquitetura da informação e ciência da informação, usuários, área da saúde, arquitetura da informação e usabilidade, ontologias, metadados. Conclusões: Esse estudo possibilitou a confirmação de que a arquitetura da informação é interdisciplinar, possibilitando conexões com outras áreas do conhecimento.


Palavras-chave


Arquitetura da informação; Ciência da Informação; Bases de Dados; Revisão integrativa

Texto completo:

PDF

Referências


AGNER, Luiz. Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário. 2. ed. Rio de Janeiro: Quartet, 2009.

BARBOSA, Simone Diniz Junqueira; SILVA, Bruno Santana da. Interação humano-computador. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

BOTELHO, Louise Lira Roedel; CUNHA, Cristiano Castro de Almeida; MACEDO, Marcelo. O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Gestão e Sociedade, Belo Horizonte, v. 5, n. 11, p. 121-136, maio/ago. 2011. Disponível em: http://www.gestaoesociedade.org/gestaoesociedade/article/view/1220/906. Acesso em: 15 maio 2019.

CAMARGO, Liriane Soares de Araújo de. Metodologias de desenvolvimento de ambientes digitais a partir dos princípios da arquitetura da informação. 2010. 287f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Departamento de Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010.

CAMARGO, Liriane Soares de Araújo de; VIDOTTI, Silvana Aparecida B. G. Arquitetura da informação: uma abordagem prática para o tratamento de conteúdo e interface em ambientes informacionais digitais. Rio de Janeiro: LTC, 2011.

DAVENPORT, Thomas H. Ecologia da informação. São Paulo: Futura, 1998. DILLON, Andrew; TURNBULL, Don. Information Architecture. Encyclopedia of Library and Information Science, 2005. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/279439252_Information_Architecture Acesso em: 11 abr. 2019.

GARRET, Jesse Jamnes. The elements of user experience: user-centerd design for the web and beyond. 2. ed. Berkeley, 2011. GRUBER, T. R. What is an Ontology?, 1993. Disponível em: https://tomgruber.org/writing/ontolingua-kaj-1993.htm Acesso em: 19 maio 2019

HAGEDORN, Kat. Information Architecture Glossary. USA, 2000. Disponível em: https://argus-acia.com/white_papers/ia_glossary.pdf. Acesso em 08 jul. 2019.

MACEDO, Flávia Lacerda Oliveira de. Arquitetura da informação: aspectos epistemológicos, científicos e práticos. 2005. 190f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Universidade de Brasília, Brasília, 2005.

NIELSEN, Jakob. Usability Engineering. New York, NY: Academic Press, 1993.

NIELSEN, Jakob; LORANGER; Hoa. Usabilidade na web: projetando websites com qualidade. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

OLIVEIRA, Henry P. C. de; VIDOTTI, Silvana A. B. G.; BENTES PINTO, Virgínia. Arquitetura da informação pervasiva. São Paulo: Editora UNESP; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2015, 117p.

PÁDUA, Mariana Cantisani; DIAS, Guilherme Ataíde; SOUSA, Marckson Roberto Ferreira de. Conectando os paradigmas da ciência da informação com a arquitetura da informação pervasiva e a experiência do usuário. Disponível em: https://bit.ly/38weBfs. Acesso em 7 maio 2019.

RAMOS, Rosana Guedes Cordeiro; ALCÂNTARA, Alexandre; MORESI, Eduardo Amadeu Dutra. Construindo uma arquitetura da informação baseada em metadados. Disponível em: https://bit.ly/2AEnszk. Acesso em: 8 maio 2019.

RESMINI, Andrea; ROSATI, Lucas. Pervasive information architecture: designing cross-chanel user expeiences. Amsterdã: Elsevier, 2011.

ROBREDO, Jaime. Sobre arquitetura da informação. Revista Ibero-americana de Ciência da Informação, v. 1 n. 2, p. 115-137, jul./dez. 2008.

ROSENFELD, Louis; MORVILLE, Peter; ARANGO, Jorge. Information architecture for the world wide web and beyond. 4 ed. Sebastopol: O’Reilly Media, 2015.

SOUZA, Terezinha Batista de; CATARINO, Maria Elisabete; SANTOS, Paulo César dos. Metadados: catalogando dados na internet. Transinformação, v. 9, n. 2. p. 93-105, maio/ago. 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n2p49

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional