A compreensão da ilustração na literatura infantil a partir do pensamento de Roland Barthes

Hélio Márcio Pajeú, Rayanne Ferreira Alves Barbosa de Lima

Resumo


Introdução: A literatura infantil tem suas origens nos mitos orais, fábulas e contos de fadas, e a ilustração os acompanha desde o nascimento como um gênero literário. É necessário que o bibliotecário não restrinja sua ação apenas à disponibilização das obras infantis com imagens e textos a serem lidos pelas crianças, mas que também compreenda o processo de constituição e das relações ente imagem e texto no universo de narrativas do ilustrador e do autor, a fim de desenvolver melhores práticas de mediação entre a obra e o leitor. Objetivo: Assim, neste artigo, pretendemos discutir a importância da ilustração e o papel do ilustrador na literatura infantil, como forma de enfatizar a arquitetura de um diálogo entre as linguagens utilizadas no conjunto de narrativas que integram autor, ilustrador, trabalho e leitor. Metodologia: Realizou-se um levantamento de dados por meio de pesquisa bibliográfica exploratória e documental, analisados com base nos conceitos de relais e ancoragem, de Roland Barthes. Foram selecionadas obras de dois ilustradores residentes na Região Metropolitana do Recife, além de entrevistas com os mesmos. Resultados: Foram identificados os enunciados dados pelos ilustradores em suas obras, e foi observado como se dão os processos de interação e a constituição de sentidos conotativos e denotativos entre a imagem e o texto em obras de literatura infantil. Conclusões: A relação do texto e imagem se dá em pelo menos de três formas: o tipo de imagem que é empregada nos livros; o projeto gráfico que é utilizado para a confecção da parte física do livro; e o tipo de figura linguística, dentro da imagem, que será empregada em consonância ou não com a parte textual. Vai depender muito do estilo do ilustrador, do seu projeto enunciativo em relação ao texto do autor e da sua liberdade de criação dentro da obra.


Palavras-chave


Ilustração. Texto. Imagem. Roland Barthes. Ancoragem. Relais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n2p344

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional