A análise bibliométrica da produção científica docente por gênero nas universidades federais no interior do Brasil

Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira

Resumo


Introdução: Análise bibliométrica da produção científica de docentes vinculados aos Cursos de Bacharelado em Jornalismo, abertos por meio de políticas públicas de expansão e interiorização em universidades federais brasileiras no período de 2013 a 2017. Objetivo: Conhecer a produção científica em regiões que receberam novas universidades públicas federais, campi, cursos superiores e docentes. Metodologia: Desenvolveu-se a partir de uma metodologia qualitativa, exploratória e documental. Procedeu-se a análise bibliométrica dos artigos produzidos pelos docentes efetivos de Cursos de Jornalismo em universidades federais localizadas no interior do Brasil. Resultados: Foram analisados os currículos lattes de 181 docentes no quesito artigos e sua avaliação conforme o conceito qualis de avaliação de periódicos, mantido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), além da observância na divisão por gênero dos docentes e vínculo institucional. Conclusões: Verificou-se a concentração  das publicações em algumas docentes pesquisadoras nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul, e a predominância de líderes de grupos de pesquisa do gênero masculino.  


Palavras-chave


produção científica, cursos de jornalismo, reuni, políticas públicas sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n1p

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional