Representação terminológica da população negra em tesauros

Andréia dos Santos, Amabile Costa, Camila Monteiro de Barros, Luciane Paula Vital

Resumo


Introdução: O presente trabalho investiga a representação terminológica sobre a população negra em tesauros de diferentes áreas do conhecimento. O referencial teórico está voltado à interpretação da dimensão social que abarca as práticas da organização do conhecimento. Os pesquisados da área de OC tem repensado e trazido para discussão processos de representação mais plurais e igualitários, com posicionamento ético e reflexivo. Objetivos: Objetiva-se analisar quais são as relações conceituais atribuídas aos termos 'negro' e 'afro-brasileiro' em tesauros de diferentes áreas do conhecimento. Metodologia: A pesquisa está caracterizada como exploratória e bibliográfica. Foram analisados os termos “afro-brasileiro” e “negro” nos seguintes tesauros: Ciência da Informação, Educação, Estudos de Gênero sobre Mulheres, Folclore e Cultura Popular, Justiça Militar da União, Objetos do Patrimônio Cultural nos Museus Brasileiros, e UNESCO. Resultados: Constatou-se que os tesauros analisados fortalecem a imagem do negro associada a termos pejorativos em suas representações.


Palavras-chave


Sistema de Organização do Conhecimento. Tesauros. População Negra.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n1p254

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional