Cartas de leitores como espaços privilegiados de apropriação da informação e dos efeitos de sentido.

Tamara de Souza Brandão Guaraldo

Resumo


Introdução: Este artigo debate o conceito de apropriação da informação apoiado em pesquisa bibliográfica e discussão crítica de trabalhos publicados sobre a seção cartas de leitores de jornais impressos. Nas seguintes bases de dados da internet: Scielo, Google Acadêmico e portal BRAPCI, nas quais foram selecionados treze trabalhos científicos em português com o descritor “cartas de leitores” e que apresentaram dados de pesquisa aplicada, pertinentes à abordagem deste estudo. Objetivo: Discutir o conceito de apropriação da informação apoiado no estudo bibliográfico e análise crítica de trabalhos publicados sobre a seção cartas de leitores. Metodologia: Pesquisa bibliográfica sobre as cartas de leitores e discussão dos artigos selecionados sob o viés analítico dos efeitos de sentido e elementos da análise do discurso. Resultados: Identificam-se nas pesquisas estudadas, as cartas de leitores como espaços privilegiados dentro dos meios de informação impressos para os estudos de apropriação da informação, já que se constituem como lugar da expressão do sujeito leitor e possível zona de observação dos pesquisadores interessados nessa temática, pois nas cartas é possível encontrar as marcas de como o leitor se apropria da informação e os efeitos de sentidos da leitura sobre ele, ou seja, como leva a informação para sua vida quando lê. Conclusões: Ao interagir com o jornal, com os textos e os outros leitores, as cartas de leitores apresentam a apropriação da informação em curso, pois demonstram como o leitor se apodera das informações veiculadas, como constrói uma compreensão dos temas, deixando as marcas de quem é e de onde está situado social e historicamente.


Palavras-chave


Mediação; Sujeito Leitor; Apropriação; Efeitos de Sentido; Análise do Discurso; Jornal Impresso; Cartas de Leitores

Texto completo:

PDF

Referências


ADGHIRNI, Z.A.; BAESSE, J.M.S. Gêneros opinativos e internet: mais espaço para o leitor. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 32., 2009, Curitiba. Anais […] São Paulo: Intercom, 2009. (01 CD-ROM).

ANDRADE, M.L.C.V.O. Interatividade na correspondência publicada em jornais paulistas. Forma y función, Santafé de Bogotá, D.C., v. 23, n. 2, p. 73-95, 2010. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0120-338X2010000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 maio 2017.

ASSUNÇÃO, A. L. Cartas de Leitores: reescrita e condições de produção de um gênero midiático. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ESTUDOS DE GÊNEROS TEXTUAIS, 4., 2007, Tubarão. Anais [...] Santa Catarina: UNISUL, 2007. p. 662-674. Disponível em: http://www3.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/cd/Port/22.pdf. Acesso em: 15 jan. 2010.

BAESSE, J. O leitor manifesto: perfil das cartas aos jornais. Comunicação e Espaço Público, Brasília, v. 5, n. 1, p. 73-82, 2005. Disponível em: http://www.fac.unb.br/site/images/stories/Posgraduacao/Revista/Edicoes/2005-1_revista.pdf. Acesso em: 10 maio 2009.

BORGES, E.V.E. Apropriação da informação: os elementos, o processo e a materialização da informação. 2018. 262f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista, Marília, 2018.

BORTOLIN, S. Mediação oral da literatura: a voz dos bibliotecários lendo ou narrando. 2010. 232f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010.

BRAGA, J. L. Cartas de leitores como dispositivo social crítico. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 27, 2004, Porto Alegre. Anais [...] Porto Alegre: ,2004. Disponível em: http://www.portcom.intercom.org.br/pdfs/96237722206194912461362941366470002714.pdf. Acesso em: 10 jan. 2013.

CAPURRO, R. Epistemologia e Ciência da Informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 5., 2003, Belo Horizonte. Anais [...] Belo Horizonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG, 2003.

CHAPARRO. M.C.C. Carta. In: MELO, J.M. (Org.). Gêneros jornalísticos na Folha de S. Paulo. São Paulo: FTD, 1992. p. 63-74.

DAVALLON, J. A mediação: a comunicação em processo?. Prisma.com: Revista de Ciência da Informação e Comunicação do CETAC, Porto, Portugal, n. 4, 2007. Disponível em: http://ojs.letras.up.pt/index.php/prismacom/article/view/2100/3046. Acesso em: 10 jan. 2009.

DINES, A. O papel do jornal e a profissão de jornalista. 9. ed. São Paulo: Summus, 2009.

ESPÍRITO SANTO, P.; DUMONT, L. M. M. As cartas de leitores e leitoras enviadas a jornais impressos: o que querem informar os assinantes do jornal Estado de Minas. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.19, n. 2, p. 174-190. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362014000200013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 maio 2018.

ESPÍRITO SANTO, P.; DUMONT, L. M. M. A leitora e sua relação com o jornal Estado de Minas. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 14, n. 3, p. 20-37, 2009. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/507/633. Acesso em: 10 jul. 2010.

ESPÍRITO SANTO, P.; DUMONT, L. M. M. A busca de informação pela mulher nos jornais impressos. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 8., 2007, Salvador. Anais [...] Salvador: ANCIB, 2007. Disponível em: http://www.ancib.org.br/media/dissertacao/GT3--044.pdf. Acesso em: 24 set. 2009.

FONTANINI, I. Cartas ao editor: a linguagem como forma de identificação social e ideológica. In: MEURER, J. L.; MOTTA-ROTH, D. (org.). Gêneros textuais e práticas discursivas: subsídios para o ensino da linguagem. Bauru: Edusc, 2002. p. 225-238.

FREIRE, P. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 14. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

GUARALDO, T. de S. B. Práticas de informação e leitura: mediação e apropriação da informação nas cartas de leitores de um jornal popular do interior de São Paulo. 2013. 239 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2013. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/103356. Acesso em: 20 maio 2014.

ISER, W. O ato da leitura: uma teoria do efeito estético. São Paulo: 34, 1996. v.1.

JEANNERET, Y. A relação entre mediação e uso no campo de pesquisa em informação e comunicação na França. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde, Rio de Janeiro, v. 3, n. 3, p. 25-34, 2009. Disponível em: http://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/276/318. Acesso em: 15 jul. 2010.

MAINGUENEAU, D. Introdução à análise do discurso. Curso de Extensão Universitária, 16-20 de maio de 2011, Unesp Assis. Notas de aula.

MAINGUENEAU, D. Análise de textos de comunicação. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

MAROCCO, B. Apontamentos sobre a presença do leitor no jornal. UNIrevista, v. 1, n. 3, 2006.

MORIGI, V.J.; ROCHA, C.P.V.; BORGES, M.C. A mediação das cartas dos leitores na mídia: mapas imaginários sobre Porto Alegre. Em Questão, Porto Alegre, v. 16, n. especial, p. 95-108, 2010. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/15664. Acesso em: 15 fev. 2011.

MORIGI, V. J. Informação, cultura local e memória social: as cartas dos leitores e a construção dos imaginários sobre Porto Alegre. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 10., João Pessoa, 2009. Anais [...] João Pessoa: ANCIB, 2009.

MARTÍN-BARBERO. J. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. 5. ed. Rio de Janeiro: UFRJ, 2008.

ORLANDI, E. Análise de discurso: princípios e procedimentos. 8. ed. Campinas: Pontes, 2009.

ORLANDI, E. Discurso e leitura. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

PÊCHEUX, M. A análise de discurso: três épocas (1983). In: GADET, F.; HAK, T. Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 4. ed. Campinas: Unicamp, 2010a. p. 307-315.

PÊCHEUX, M. Ler o arquivo hoje. In: ORLANDI, E. (org.). Gestos de leitura: da história no discurso. 3. ed. Campinas: Unicamp, 2010b.

RIBEIRO, F. F. A participação dos leitores na imprensa: uma proposta de análise às Cartas do Leitor do Jornal de Notícias. Rev. Comunicação Pública, v. 9, n.15, 2014. Disponível em: http://journals.openedition.org/cp/646. Acesso em: 16 abril 2018.

RUÓTOLO, A.C. Audiência e recepção: perspectivas. Comunicação e Sociedade, São Bernardo do Campo, n. 30, p. 157-170, 1998.

SILVA, M. T. As cartas dos leitores no Público e no Diário de Notícias. Observatorio Journal, v. 2, n. 2, p. 263-279, 2008. Disponível em: http://obs.obercom.pt/index.php/obs/article/view/117. Acesso em: 15 set. 2009.

SILVA, M. T. As “cartas ao director” no jornal Público: um estudo de caso. Biblioteca Online de Ciências da Comunicação, bocc, 2005. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/_esp/autor.php?codautor=1441. Acesso em: 15 set. 2009.

STIERLE, K. Que significa a recepção dos textos ficcionais? In: LIMA, L.C. (coord.). A literatura e o leitor: textos de estética da recepção. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002. p. 119-171.

THOMPSON, J.B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. 11. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

ZANOTTI, C. A. Perfis e limites na pró-atividade dos novos sujeitos midiáticos advindos com a internet. Comunicação & Informação, v. 11, n. 1, p. 67-79, 2008. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/ci/article/view/22817/13562. Acesso em: 29 jun. 2018.

ZILBERMAN, R. Estética da recepção e história da literatura. São Paulo: Ática, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n1p373

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional