Política de indexação e seus sentidos: um estudo a partir da Análise do Discurso

Valdenise César Garcia, Franciele Marques Redigolo, Thiago Henrique Bragato Barros, João Batista Ernesto de Moraes

Resumo


Introdução: A temática da política de indexação é discutida por diferentes autores com o objetivo de aperfeiçoar os processos de indexação para representação e recuperação da informação. Objetivo: Verificar quais são as formulações discursivas atualmente realizadas neste universo e como elas são caracterizadas no contexto da Organização e Representação da Informação. Metodologia: Pesquisa qualitativa e descritiva, analisou-se artigos que abordam a temática política de indexação publicados nos últimos cinco anos, 2011-2016, nos periódicos científicos nacionais na área de “Comunicação e Informação”, que engloba periódicos da Ciência da Informação classificados no Qualis-Periódicos com estratificação A1. A abordagem da Análise do Discurso empregada é a de vertente francesa, tendo como fundamento teórico o arcabouço conceitual de Michel Pêcheux. Resultados: Percebeu-se, por meio da operação de análise, que os enunciados produzidos sobre políticas de indexação podem ser compreendidos como guia e também como filosofia. Conclusão: Os sujeitos buscam por estudos mais aprofundados sobre a temática, visando à melhoria dos processos de indexação em um ideal de qualificação constante, de maneira que a política é vista não só como manual de orientação de processos, mas também como algo que reflete a natureza e cultura organizacional da unidade de informação quanto à Organização e Representação da Informação.


Palavras-chave


Política de Indexação. Indexação. Análise do Discurso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2019v24n1p169

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional