Estudos de Usuários e Práticas Informacionais: do que estamos falando?

Ilemar Christina Lansoni Wey Berti, Carlos Alberto Ávila Araújo

Resumo


Introdução: O trabalho apresenta uma breve discussão acerca das diferenciações entre estudos de Comportamento informacional e Práticas informacionais presentes no campo de estudos de usuários de informação. Objetivo: Refletir sobre a relação das Práticas informacionais com o campo de Usuários da informação e propor uma análise das perguntas que as temáticas abordam e como abordam com base na Teoria social. Metodologia: Recuperam-se alguns pontos da história do desenvolvimento do campo e a influência da Teoria social para compreensão das Práticas informacionais, relacionadas à formação do conhecimento e a reciprocidade das ações na sua constituição. Resultados: Ressalta a importância da construção das significações para compreensão das necessidades, busca e uso da informação em diferentes contextos. Conclusões: As Práticas informacionais abordam as ações e significações dos sujeitos informacionais, uma perspectiva social da informação presente nos estudos de usuários.


Palavras-chave


Estudos de usuários. Práticas informacionais. Teoria social.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2017v22n2p389



  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional