Comunicação científica e atenção online: em busca de colégios virtuais que sustentam métricas alternativas

Ronaldo Ferreira de Araujo, Ariadne Chloe Mary Furnival

Resumo


Introdução: As trocas informacionais em torno da atividade de comunicação científica têm se tornado cada vez mais dinâmicas no ciberespaço, modificando a prática dos cientistas e ampliando o alcance dos resultados de pesquisa que atinge uma atenção online cada vez mais expressiva entre grupos distintos.

Objetivo: Analisar se os dados altmétricos de atenção online apontam a existência de “colégios virtuais” – compostos por pessoas de dentro e de fora da comunidade científica – sobre o tema científico sendo compartilhado e comentado nas mídias sociais.

Metodologia: Estudo piloto, caracterizado como exploratório, tendo como foco de análise a repercussão do artigo de acesso aberto com o maior indicador altmétrico (n=2.728) para o ano de 2015, segundo divulgado pela Altmetric.com em seu ranking “Top 100”. A qualificação da atenção online é descrita pelas mídias mais expressivas (Twitter e Facebook) em uma amostra randômica (n=10%) para a qual se procedeu a análise de conteúdo e para caracterização do perfil dos grupos sociais que interagiram e a categorização dos tipos de conteúdos de interação.

Resultado: A forma mais comum de disseminação observada foi o de compartilhamento e repasse para o Twitter (62%) e Facebook (45%), seguido das categorias “conclusivo” (16% e 25%) e argumentativo (15% e 9,6%). O perfil dos usuários responsáveis pela circulação do artigo indica se tratar de especialistas da área da saúde.

Conclusão: Embora a altmetria proponha uma avaliação de impacto mais social e democrático da pesquisa científica os colégios virtuais caracterizados indicam um público especializado e o debate e circulação da informação científica sobre o artigo analisado se concentra na comunidade científica.


Palavras-chave


Comunicação científica. Altmetria. Atenção online. Colégios Virtuais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2016v21n2p68

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional