Difusão em arquivos na Cinemateca Capitólio: um estudo de caso

Eliane Carniel Dias, Moisés Rockembach

Resumo


Introdução: Este artigo tem como proposta demonstrar as possibilidades de difusão da Cinemateca Capitólio, Instituição que abriga um dos mais importantes acervos cinematográficos e audiovisuais gaúcho, situado em Porto Alegre. Objetivo: Os objetivos da pesquisa foram realizar uma revisão de literatura sobre as abordagens de difusão em arquivos, contextualizar o acervo e a estrutura da Cinemateca Capitólio e verificar e propor possíveis melhorias no processo de difusão. Metodologia: Utilizou-se de pesquisa qualitativa, com estudo de caso e aplicação de questionários e entrevistas. Resultados: As abordagens desta difusão partem de uma perspectiva clássica, que compreendem exposições, publicações, serviços educativos, parcerias com outras Instituições, visitas guiadas, construção de página na internet, blog ou rede social e realização de cursos, palestras e oficinas, até uma abordagem informacional, compreendendo acessibilidade e transparência, estudo de usuários ou do comportamento informacional, marketing aplicado a serviços e produtos de informação, mediação da informação e literacia da informação. Conclusões: Concluiu-se que uma série de estratégias de difusão podem possibilitar uma ampla divulgação das informações contidas em seu acervo e um melhor entendimento dos usuários que interagem com a Instituição.


Palavras-chave


Difusão; Arquivologia; Ciência da Informação; Cinemateca Capitólio

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2018v23n1p335

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional